ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Grupo de Enfrentamento reduz roubo de cargas no Estado

Data: 10/01/2018

Foto Alessandra Coelho

Fernanda Domingues

O Grupo Integrado de Enfrentamento ao Roubo de Cargas (Gierc), da Secretaria de Segurança, é responsável por reduzir este tipo de crime no estado desde outubro do ano passado. Equipes e viaturas do Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (Gepe), além de helicóptero do Grupamento Aeromóvel da Polícia Militar, agora também reforçam o efetivo, principalmente no patrulhamento na Avenida Brasil.

– Toda essa integração, incluindo a iniciativa privada, permite que um maior número de informações relacionadas a este tipo de delito sejam transformadas em ações rápidas. Além do objetivo maior de repressão, buscamos estabelecer campanhas de conscientização junto à população e ao empresariado, enfatizando, por exemplo, que a receptação é crime e mostrando que a população pode agir como aliada no combate ao roubo de cargas – explicou o subsecretário de Comando e Controle da Secretaria de Segurança, Rodrigo Alves.

Instrumentos

No mês de novembro, de acordo com o último boletim divulgado pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), houve redução de 15% no roubo de cargas no Estado do Rio, em comparação ao mesmo mês do ano passado. É o terceiro mês consecutivo que o indicador ficou abaixo do registrado em setembro, outubro e novembro de 2016.

Para o diretor de Segurança do Sindicarga, coronel Venâncio Moura, a ação das forças integradas é positiva.

– Acredito que vamos fechar 2017 (resultado sai em meados de janeiro) com números inferiores ao ano anterior. O fato de analisarmos mês a mês a mancha criminal nos permite criar instrumentos e neutralizar as ações marginais. As forças policiais integradas utilizam o efetivo de forma mais flexível – disse o diretor.

Reuniões do Gierc acontecem no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), com a participação de integrantes das subsecretarias de Comando e Controle e de Inteligência das secretarias de Segurança e da Casa Civil, além da PM, Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Bolsonaro convida Temer para chefiar missão humanitária no Líbano

IBGE: 62,4% das empresas afetadas negativamente pela pandemia

Escolas de futebol enfrentam o desafio da retomada de atividades

Covid-19: Brasil registra 2.094.293 recuperados

Bebê abandonado em servidão já tem novos pais

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy