ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Granja Comary recebe grandes técnicos do futebol brasileiro

Data: 06/12/2018

O primeiro dia de estudos foi reservado para um seminário sobre o Brasileirão 2018. Os mais de 60 técnicos presentes foram divididos em grupos de cinco e seis alunos para destrinchar as equipes que disputaram a competição - Lucas Figueiredo/CBF

Com a presença dos principais treinadores do cenário nacional, teve início nesta terça-feira (4) a Licença PRO, o último estágio de formação da CBF Academy para técnicos no Brasil. Quem marcou presença na Granja Comary para realizar a solenidade de abertura da edição 2018 do curso foi o Diretor Executivo de Gestão da CBF, Rogério Caboclo. Ao lado do Secretário-Geral da entidade, Walter Feldman, Caboclo falou sobre a relevância desta plataforma para a CBF e lembrou que serão mais de 40 cursos oferecidos pela Academy em 2019, um enorme salto em relação aos cerca de dez ministrados no início do projeto, há três anos.
Na abertura, ele também falou sobre o Licenciamento de Clubes e sobre a importância da presença de todos na consolidação de um movimento pela profissionalização cada vez maior do futebol brasileiro. - A presença de vocês aqui mostra uma admirável consciência de que por mais que a gente domine um assunto, sempre há algo de novo a aprender, sempre há algo para compartilhar. Mostra que o aprendizado contínuo e o compromisso de reciclar são fundamentais para o sucesso de longo prazo - afirmou o presidente eleito da CBF para o período de 2019-2023.
Sob os olhares atentos da plateia e imprensa presentes à aula inaugural, Caboclo ainda reiterou o compromisso da CBF de trabalhar pelo desenvolvimento profissional das categorias que fazem parte da indústria do futebol: atletas, árbitros, treinadores e todos os demais.
- Nosso compromisso é o de incrementar os regulamentos de competições e de licença de clubes com normas inovadoras, que protejam as carreiras e os profissionais – destacou Caboclo, que lembrou de outras recentes e importantes medidas da CBF em favor da categoria, como a obrigatoriedade de carteira de trabalho assinada e de registro do contrato de trabalho por parte dos clubes.
Por fim, ressaltou aos treinadores o esforço que vem empenhando para que as licenças de treinadores expedidas pela CBF tenham reconhecimento automático e pleno em todos os continentes. - Posso afirmar que estamos avançando nessa direção. Tenho falado com os presidentes Gianni Infantino, da FIFA e Alejandro Dominguez, da Conmebol, e em cada uma dessas conversas reforço o trabalho de excelência que estamos fazendo na CBF Academy e a importância desse reconhecimento para todos os profissionais brasileiros - concluiu o dirigente.
Antes de deixar o local, Caboclo ainda posou para a foto oficial com treinadores e a equipe da CBF Academy. A partir de agora, serão 11 dias de programação intensa na Granja Comary, com aulas práticas e teóricas ministradas por profissionais brasileiros e estrangeiros.

Primeiro dia de aula
O primeiro dia de estudos foi reservado para um seminário sobre o Brasileirão 2018. Os mais de 60 técnicos presentes foram divididos em grupos de cinco e seis alunos para destrinchar as equipes que disputaram a competição. Foram debatidas as principais variações táticas observadas, além das formações de linhas defensivas e os diversos esquemas de ataque utilizados pelos participantes desta edição da Série A. Analisadas no detalhe, nada passou batido nas mesas de discussão formadas na sala do Centro de Excelência do Futebol Brasileiro.
Alguns dos técnicos presentes estiveram no comando de equipes da Série A no Brasileirão deste ano. Mano Menezes, Jair Ventura, Zé Ricardo, Tiago Larghi e Maurício Barbieri foram alguns deles e, em determinados momentos, precisaram avaliar comentários feitos sobre suas próprias equipes. Isso porque, ao fim dos debates, cada grupo apresentou suas conclusões acerca dos times e sobre a competição. - As aulas são bastante intensas, alguns dias de 8h às 19h, onde a metodologia principal é o compartilhamento de conhecimentos para a construção de uma sabedoria sobre o futebol brasileiro. Parte deles iniciando o curso, outros finalizando, mas todos na mesma intenção: aprender e evoluir com a troca de experiências - destacou Maurício Marques, coordenador técnico dos cursos da CBF Academy. 

 


Técnico da Seleção Brasileira, Tite cumprimenta Mano Menezes. Na foto, outro antecessor... Dunga!

 

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Sociedade se mobiliza e cria Patrimônio Hídrico em resposta à degradação ambiental

TCE aponta vinte e quatro ressalvas nas contas de Tricano e Sandro Dias

Começam as aulas dos cursos de qualificação gratuitos em Teresópolis

Orquestra Solista do Rio e Natal de Repente embalam fim de semana

Lula vira réu em caso de Guiné Equatorial

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ