ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Governador em exercício participa de videoconferência com presidente da Firjan

Data: 09/10/2020

Divulgação Estado

O governador em exercício Cláudio Castro participou, nesta sexta-feira (09/10), de uma videoconferência com o presidente da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira, e representantes do empresariado fluminense para reforçar o diálogo com os segmentos produtivos. O objetivo é ajudar na retomada do crescimento econômico, afetado pela pandemia da Covid-19. Durante a videoconferência, a Firjan apresentou seus quatro eixos para o desenvolvimento: Gás Natural, Saneamento Básico, Parcerias Público-Privadas e Cluster Tecnológico Naval.  

- Estamos iniciando uma série de conversas com os setores que geram riquezas e empregos no Rio de Janeiro, e a participação da Federação das Indústrias é fundamental. A visão do Governo do Estado está em convergência com estes quatro eixos da Firjan. Sabemos que é preciso melhorar a vida do empresariado fluminense, principalmente no que se refere à modernização e desburocratização dos processos. A nossa meta é atrair também mais empresas para o estado - disse o governador em exercício.

De acordo com Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira, é preciso trabalhar em conjunto para recuperar a confiança dos investidores, empresários e consumidores.

- Apresentamos estes quatro eixos na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) e, agora, ao Governo do Estado. Somos a segunda maior economia do Brasil e estes são projetos estruturantes que podem mudar o Rio de Janeiro – afirmou o presidente da Firjan.


Próximos encontros

O secretário da Casa Civil, Nicola Miccione, propôs que, na semana que vem, um novo encontro seja feito com os secretários das pastas responsáveis por projetos ligados aos eixos apresentados pela Firjan. A reunião servirá para colocá-los em contato com a equipe técnica da instituição.

- Para que estas pautas tenham efetiva realização, nossa ideia é ir à Firjan com os secretários das áreas específicas, como Fazenda, Planejamento e Gestão e Transportes, para que possamos abordar com mais profundidade as questões junto aos conselheiros e técnicos. Dali, já sairíamos com encaminhamentos para os projetos – explicou o secretário da Casa Civil.

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Avanço da Ômicron leva Uerj a manter atividades presenciais suspensas

Especialistas falam sobre o verão e a prevenção de doenças

Monitoramento de dengue indica pontos de atenção no Brasil

Lei Seca registrou altos índices de alcoolemia no último final de semana

Secretaria de Trabalho divulga mais de 840 vagas em várias regiões fluminenses

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy