ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Garagem da prefeitura é motivo de reclamação

Data: 21/11/2018

Em relação aos restos de veículos, a Secretaria explica que são sucatas depositadas temporariamente no local e que estão separadas para venda em leilão de bens inservíveis - Leitor Repórter

Marcello Medeiros

Na última semana uma equipe do setor de Vigilância Epidemiológica, da Secretaria Municipal de Saúde, deu início a nova campanha de conscientização com população em relação à importância do combate ao mosquito Aedes aegypti – transmissor da zika, dengue e chikungunya. Com a divulgação do trabalho na edição do último fim de semana do jornal O DIÁRIO, recebemos uma dica de fiscalização de local com possíveis focos do vetor de perigosas doenças, a garagem das viaturas da secretaria de Obras e Serviços Públicos, em terreno localizado entre o rio Paquequer e o bairro da Fazendinha, nas proximidades do terminal rodoviário. Em reclamação encaminhada para a nossa redação, um vizinho da área denuncia a crítica situação. 
“O local se transformou em entreposto de caminhões e caçambas de lixo. Nestas caçambas e caminhões os pombos e ratos se fartam de restos de alimentação. A consequência disto é a proliferação de moscas, ratos e pombos nas residências vizinhas. Se isso não bastasse, o amontoado de ferro velho virou um verdadeiro foco de mosquitos. Não basta a Secretaria de Saúde fazer campanha contra os mosquitos se a própria prefeitura não faz a sua parte. Espero providências urgentes”, enfatizou o Professor Antonio Carlos.
Em nota divulgada através da Assessoria de Comunicação, a Secretaria de Serviços Públicos informou nesta segunda-feira que, como a coleta de lixo noturna é concluída no início da madrugada, os dois caminhões usados neste serviço ficam estacionados no pátio da secretaria.  “Os veículos ainda recebem os detritos da varrição realizada no início da manhã no centro da cidade, quando também é recolhido o lixo descartado fora do horário regular da coleta. Por volta das 7h da manhã, os caminhões seguem para descarte do material no aterro sanitário”, explica a pasta. 
Ainda de acordo com a informação da Secretaria, “em relação à proliferação de roedores e de insetos, a situação relatada não existe” e “o que pode ocorrer é a aparição eventual desses animais por conta da proximidade do Rio Paquequer”. Sobre o “amontoado de ferro velho”, a Secretaria explica que são sucatas de veículos depositados temporariamente no local e que estão separados para venda em leilão de bens inservíveis, a ser realizado pela Prefeitura em data a ser marcada.

Limpeza noturna
Durante o feriado prolongado da Proclamação da República, além da coleta domiciliar de lixo nos bairros, a Secretaria de Serviços Públicos manteve em ação as suas equipes noturnas de varrição e de limpeza urbana, na Várzea.  
Além de manter as vias públicas varridas, os trabalhadores do turno da noite também recolheram lixo descartado fora do horário de coleta regular, acumulados nas calçadas em vários pontos do centro da cidade.

Atenção ao mosquito
A ação de conscientização e sensibilização sobre o tema aconteceu na Calçada da Fama, na Várzea. Foram distribuídos panfletos e houve orientação à população. Também foi utilizado um microscópio para visualização dos estágios da larva do Aedes aegypti, despertando a curiosidade dos que passavam pelo local. Os agentes de endemias mostraram a importância da colaboração da população no auxílio, prevenção e combate do mosquito. A população também foi informada sobre o que fazer para evitar a leptospirose e como agir em caso de enchentes. Além da ação na Calçada da Fama, a equipe da Vigilância também realiza ações periódicas nos bairros da cidade e em residências, orientando, combatendo e atendendo também em casos de denúncias. Todos os agentes que atuam nos bairros e nas casas estão sempre devidamente identificados. Denúncias de locais que podem colocar a população em risco podem ser feitas pelo telefone da Ouvidoria Geral (21 2742-5074) ou pelo aplicativo e-Ouve (Em https://eouve.com.br), sistemas que que irão gerar um número de protocolo para acompanhamento pelo reclamante.

 

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MP cumpre mandado de prisão por exploração ilegal de imóveis no Rio

Polícia apura se motorista também ingeriu drogas antes de acidente

Proibição de telemarketing de telefônicas começa nesta terça-feira

Master Terê faz bonito na abertura do segundo semestre de competições

Meia tonelada de eletrônicos deixa de ir para o lixo comum

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ