ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Frio, bom para turismo e ruim para as lavouras

Data: 21/07/2021

Produtores do Sítio Saíra Azul Orgânicos, em Santa Rita, registraram a geada na madrugada desta terça-feira - Mário Costa / Sítio Saíra Azul

Com a queda brusca na temperatura, causada em grande parte do Brasil devido a uma “massa de ar frio de origem polar bastante seca”, um fenômeno que há bastante tempo não era registrado em Teresópolis ganhou as redes sociais nesta terça-feira, a geada. O fenômeno da natureza que ocorre quando se formam camadas finas de gelo sobre as plantas ou outras superfícies lisas, como vidros de janelas, causada pelo congelamento do orvalho sobre a superfície, ocorreu em praticamente todas as localidades do Segundo e Terceiro Distritos de Teresópolis. Até o fechamento desta edição não havia sido confirmada a menor temperatura registrada no município na madrugada, mas, ao que tudo indica, diante da formação de geada, é que ficou abaixo de zero, visto que é preciso que a temperatura do ar de uma caia abaixo do ponto de congelamento da água. Nessas condições, o vapor de água existente no ar, ao cair da noite, se transforma em cristais de gelo. O “cenário branco” em plantações e tetos de veículos e estruturas de residências foi motivo de muitas fotos e vídeos em localidades como Três Córregos, Santa Rita, Vieira, Bonsucesso e Vale dos Lúcios. Nas redes sociais, identificamos muitos teresopolitanos comemorando tal situação, além de turistas indicando a vontade de subir a serra para “sentir um friozinho gostoso”. Porém, nessas condições, é preciso pensar além da questão turística: As geadas podem causar grande prejuízo para os produtores rurais, que são a maioria dos negócios na zona rural, devido à queima das folhas das plantas. Localizado em Santa Rita, o Sítio Saíra Azul Orgânicos, por exemplo, divulgou em sua rede social imagens de como ficou uma plantação de alfaces, atentando para os riscos de perdas.


Geralmente, os produtores utilizam algumas técnicas para evitar danos, como cobrir as lavouras. Porém, dependendo do tamanho da área plantada, tal estratégia acaba sendo inviável. Além disso, nesse caso específico houve uma mudança brusca no clima e o alerta de grande queda na temperatura chegou às vésperas do ocorrendo. E a previsão é que os termômetros continuem marcando números parecidos nos próximos dias pelo menos. “A massa de ar frio e seco de origem polar vai garantir tempo estável e seco no decorrer de toda a semana. As madrugadas seguem geladas, inclusive com potencial para formação de geada entre a madrugada e o amanhecer, principalmente”, informa o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE).

Ajuda
Nesta terça-feira pedimos um posicionamento da Secretaria Municipal de Agricultura, sobre possíveis prejuízos dos produtores rurais e auxílio aos envolvidos, mas não obtivemos resposta até o fechamento desta edição.

Doação de roupas e cobertores
Outra situação que não pode ser esquecida nesses dias frios é que boa parcela da população precisa de ajuda, seja porque vive em condições de rua ou em comunidades carentes do município. A Secretaria de Desenvolvimento Social informa que os CRAS e o CREAS recebem doações para ajudar a parcela menos favorecida da população, de segunda a sexta, das 8h às 17h: CRAS Alto (R. Nilza Chiapeta Fadigas, 190, Várzea, telefone 21 3641-3019);  CRAS Barroso (R. Pará, 170, Barroso, telefone 21 3642-1055); CRAS Fischer (R. Pedro Eleutério de Oliveira, 213, Fischer, telefone 21 3641-9490); CRAS Meudon (R. Caramuru, 108, Meudon, telefone 21 3641-1437); CRAS São Pedro (R. Fileuterpe, 845, São Pedro, telefone 21 2742-3080); CRAS Volante Parque Ermitage (Estrada Rio-Bahia, km 80, Conj. Habitacional Parque Ermitage); CRAS Volante Bonsucesso/E.M. Francisco Mª Dállia (Estrada Teresópolis-Friburgo, km 28); CREAS (R. Carmela Dutra, 812, Agriões, telefone 21 2742-8722). Doações de roupas e agasalhos também podem ser feitas para a Viação Dedo de Deus, que faz o recolhimento através dos ônibus ou diretamente na sede da empresa, na Tijuca.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

HCTCO inaugura serviços de hemodinâmica e de cirurgia cardíaca

Simone Jatobá avalia jogo-treino da Seleção Feminina Sub-17

CRAS Meudon entrega doações da campanha de inverno

Iniciado levantamento sobre infestação do mosquito Aedes aegypti

Teresópolis confirma Imunização para pessoas com 32 e 33 anos

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy