ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Fórum define nova composição do Conselho da Mulher

Data: 17/05/2019

Mesa diretora do Conselho de Defesa dos Direitos da Mulher será eleita no próximo dia 30 de maio - Fotos: Jorge Maravilha

Nesta quinta-feira (16) foi definida a nova composição do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher (CMDDM), órgão propositivo, deliberativo e fiscalizador da política de defesa e promoção dos direitos das mulheres e vinculado à Secretaria Municipal dos Direitos da Mulher. No total, 27 conselheiras foram eleitas para o período de maio de 2019 a maio de 2021. No próximo dia 30, as conselheiras elegerão a nova mesa diretora Conselho.
As conselheiras foram eleitas durante Fórum Específico, que aconteceu no Campus Teresópolis da Universidade Estácio de Sá. Além de entidades e representantes da sociedade civil, também participaram do Fórum a secretária municipal dos Direitos da Mulher, Margareth Rosi, a presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher, Helena Piragibe, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil de Teresópolis, Rodrigo Ferreira, a promotora de Justiça, Carla Cruz, e representando a Polícia Militar, a Major Renata Alves.
A secretária dos Direitos da Mulher, Margareth Rosi, destacou a importância do Conselho para a cidade. “O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher em Teresópolis está entre os mais atuantes do Estado do Rio de Janeiro. É composto por mulheres aguerridas, que se mobilizam e realizam um trabalho excepcional. Vamos trabalhar em consonância com o Conselho e assim, somando forças, conseguiremos avançar em políticas públicas que beneficiem as mulheres da cidade”, disse.
A presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher, Helena Piragibe, ressaltou o papel dos conselhos na sociedade. “A partir do momento que não temos vínculos político-partidários, podemos fazer um elo entre governo e sociedade civil. Com isso, conseguimos trabalhar para transformar as demandas das mulheres em políticas públicas que atuem de forma a melhorar a qualidade de vida de cada uma”, finalizou.

 

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Polícia já ouviu 30 testemunhas do sequestro do ônibus no Rio

Câmara vai realizar audiências públicas sobre concessão de saneamento

Granja Florestal, mais um bairro esquecido pela prefeitura

Imóveis demolidos para duplicação de ponte

Governador comemora desfecho com morte do sequestrador

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ