ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Fim de semana marcado por graves acidentes

Data: 16/07/2018

Fotos Paulo Vicente - Terê Repórter

Marcello Medeiros

Duas das principais vias da região, de acesso ao município ou promovendo ligação entre bairros, a estrada Rio x Teresópolis e Rua Tenente Luiz Meirelles registraram mais dois acidentes graves, colisões que terminaram com vítimas fatais no último fim de semana. Carlos Eduardo “Dudu”, morador de Volta do Pião, de 29 anos, morreu acidente na BR-116 na madrugada de domingo e, horas depois, outro homem não resistiu aos ferimentos causados após forte colisão na região urbana do município. Rodrigo Guarilha Reis, 36, conduzia uma motocicleta que colidiu frontalmente com uma caminhonete.
O acidente que vitimou Carlos Eduardo aconteceu no quilômetro 95 da Rio-Teresópolis quando ele dirigia um caminhão carregado de hortaliças com destino ao Ceasa. O veículo de carga teria apresentado um problema mecânico e, após tentativa frustrada do condutor em para-lo, acabou tombando em um trecho de curva e tendo a cabine esmagada pela proteção lateral da rodovia. “Dudu” ficou preso às ferragens. O ajudante, identificado no local como Roberth da Silva, que também seria morador da localidade do Pião, teve lesões leves e foi atendido apenas na ambulância da Concessionária Rio-Teresópolis (CRT). O trânsito ficou interditado por um longo período, até que fossem realizados os procedimentos necessários e o veículo de carga fosse colocado na posição correta e rebocado para o pátio da Polícia Rodoviária Federal. 
No início da tarde de domingo, quem passou pela Rua Tenente Luiz Meirelles se deparou com uma triste cena no cruzamento da grande via com a Rua Dona Cândida, no Bom Retiro. O estado que ficaram uma caminhonete da Chevrolet e uma motocicleta Honda indicavam que a situação do motociclista era ruim. E, pouco após ser atendido em estado gravíssimo pelo Corpo de Bombeiros e levado para o pronto socorro do Hospital das Clínicas, o jovem Rodrigo Guarilha faleceu. O jovem era conhecido pelo trabalho realizado em oficinas mecânicas por muitos anos em companhia do pai e irmão, passando, entre outros, por um estabelecimento em frente às Carrocerias Progresso, no bairro da Prata. Rodrigo também já trabalhou como taxista. O corpo foi necropsiado no Instituto Médico Legal e liberado para sepultamento, que aconteceu no Cemitério Municipal Carlinda Berlim, o Caingá.

Forte colisão
No final da noite de domingo, mais uma fortíssima colisão. Após perder o controle da direção, cujo motivo não foi apurado pela polícia, o condutor de um Hyundai HB20 Sedan, de cor branca, saiu da Avenida Feliciano Sodré para a Rua Magé, e após capotar, se chocou violentamente contra um poste e a cabine telefônica de um ponto de táxi. Apesar do estado que ficou o veículo, com o “desenho” do poste na carroceria, no lado do motorista e em direção ao teto, o condutor saiu com poucas escoriações. O grande estrondo após a colisão foi ouvido até de bairros mais distantes, como a Fazendinha. O atendimento médico no local foi prestado pelo Corpo de Bombeiros.

 

Grupo TerêRepórter


Choque frontal entre caminhonete e motocicleta tirou a vida de Rodrigo Guarilha, 36 anos, na Tenente Luiz Meirelles

 


Conduzindo um caminhão, Carlos “Dudu” Eduardo, de 29 anos, seguia em direção ao Ceasa quando tombou no km 95 da Rio-Teresópolis

 


Rua Magé: Apesar do estado que ficou o veículo, com o “desenho” do poste na carroceria, o condutor saiu com poucas escoriações

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Vulcão nas Ilhas Canárias poderia provocar tsunami no Brasil

Covid-19: mais 2,2 milhões de doses da Pfizer chegam a Viracopos

Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos

ONS informa que "apagão" não tem relação com crise hídrica

Tribunal de Contas do Estado aponta para rombo financeiro na prefeitura

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy