ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Fase recebe credenciamento do MEC para oferecer cursos EaD

Data: 15/11/2019

Há mais de vinte anos oferecendo formação de excelência na cidade de Petrópolis, a Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase) está entre as instituições de ensino superior mais conceituadas do estado do Rio de Janeiro - Divulgação

Há mais de vinte anos oferecendo formação de excelência na cidade de Petrópolis, a Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase) está entre as instituições de ensino superior mais conceituadas do estado do Rio de Janeiro, sendo uma referência na Região Serrana. Recentemente, a Fase recebeu novamente a comissão do Ministério da Educação em seu campus e manteve a avaliação com nota máxima, comprovando ser uma instituição de ensino superior 5 estrelas.  A novidade é que o Ministério da Educação (MEC) credenciou a Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase) para que possa oferecer cursos superiores também na modalidade a distância. Seguindo a tendência do mercado, a instituição acredita que o conteúdo on-line vai oferecer aos estudantes capacidade teórica para aprofundar os conhecimentos nas áreas de interesse, com a facilidade de gerenciar o tempo que será dedicado aos estudos. 
“Fomos credenciados para oferta de cursos superiores a distância, graduação e pós-graduação. Já oferecemos algumas unidades curriculares com carga horária a distância nos cursos de graduação e alguns cursos de extensão. Recebemos elogios principalmente no que diz respeito à infraestrutura para educação a distância, como o ambiente virtual de aprendizagem, à formação de professores para atuação na mediação pedagógica a distância e ao corpo docente. Nós temos um grupo de seis professores que compõem o Núcleo de Educação a Distância, pesquisando novas tendências e planejando ações a serem implementadas na FMP/Fase”, explica Ana Maria Rodrigues dos Santos, coordenadora de Educação a Distância, Pesquisa e Pós-Graduação da FMP/Fase.  
Desde a implantação da Coordenação de Educação a Distância, em abril de 2016, foram realizadas diversas oficinas para o desenvolvimento dos professores com temas ligados à tecnologia na educação, em parceria com o Núcleo Pedagógico da faculdade. No início do ano passado, o novo ambiente virtual de aprendizagem da FMP/Fase foi implementado, o que garantiu evolução na parte da educação à distância. “Com a adoção do Moodle [plataforma digital], em todos os semestres, inserimos novas funcionalidades, como acessibilidade para deficientes visuais e jogos. Gravamos videoaulas para cursos de extensão, graduação e pós-graduação e realizamos curso de Formação em Mediação Pedagógica na Modalidade a Distância, tendo finalizado oito turmas, com duas em andamento. A primeira pós-graduação totalmente a distância - Alergia e Intolerâncias Alimentares -, que teve início em outubro deste ano, já conta com as videoaulas, gamificação, podcasts, webconferência, fóruns e outras funcionalidades disponíveis no ambiente virtual de aprendizagem. Além disso, alguns cursos semipresenciais de pós-graduação, como o de Perícia Médica e o MBA em Gestão de Projetos, fazem uso dessas funcionalidades”, destaca. 
As atividades na modalidade a distância também garantiram a apresentação de três trabalhos no 25º CIAED - Congresso Internacional ABED de Educação a Distância 2019, sobre experiências do uso de EAD na FMP/Fase - "Nova forma de aprender dermatologia: oportunidade de inovação a partir da reforma curricular na graduação de medicina"; "Formação de professores para atuação em educação a distância: experiência em uma instituição de ensino superior com foco em saúde e gestão" e "Metodologia da pesquisa científica na modalidade híbrida: uma experiência de integração entre cursos da saúde". 
“Estamos organizando um Núcleo de Inovação em Tecnologia na Educação com a participação de professores de diversos cursos, a fim de apoiarmos o uso da tecnologia em atividades presenciais e a distância. Também estudamos a viabilidade de utilização de realidade aumentada e temos como proposta ampliar o uso de realidade virtual. Além disso, continuaremos oferecendo cursos para os professores e implantando funcionalidades no ambiente virtual de aprendizagem. Com essa ferramenta, pretendemos ampliar o uso da modalidade a distância nos cursos de graduação”, finaliza Ana Maria Rodrigues dos Santos. 

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Definidas normas para o encerramento do ano letivo na Rede Municipal

"É possível construir um hospital municipal, mas com planejamento"

Prefeitura de Teresópolis só reabre na terça-feira, dia 03

Pix começa a funcionar no dia 3 de novembro para clientes selecionados

Rio não terá desfile de blocos de rua no carnaval de 2021

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy