ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Estacionamento irregular lidera ranking de infrações em Teresópolis

Data: 07/02/2021

Gil Wellington explicou que a GCM dispõe de um setor de estatística para poder ajudar a melhorar a atuação no trânsito de Teresópolis - Marcello Medeiros

A Secretaria Municipal de Segurança Pública divulgou um balanço em que houve o registro de 2.380 atendimentos realizados no mês de janeiro pela Guarda Civil Municipal (GCM) e chamou atenção a quantidade de casos envolvendo estacionamento irregular, com 580 casos.  De acordo com Gil Wellington, comandante da Guarda, é um esforço contínuo tentar inibir esse tipo de problema.  
“Hoje temos um sistema desde 2020 em que registramos tudo para fazer um estudo. O nosso setor de estatística verifica onde estão as infrações, os bairros que precisam de mais atenção. A gente faz a estatística para poder tentar solucionar os problemas. A gente dá suporte, fiscaliza e entende que o fluxo de carros tem que andar na cidade, mas também o pedestre tem que ser respeitado, poder andar pela calçada, com o carrinho de bebê, o cadeirante, então a Secretaria de Segurança está atenta a isso. Então a população pode ter calma que estamos trabalhando para melhorar a fluidez e a mobilidade urbana”, explicou.
Wellington destaca que o trabalho deverá ser aprimorado com o auxílio deste trabalho de registro de dados para basear as ações de fiscalização de trânsito, ressaltando que o objetivo não é multar ou rebocar, mas obter uma conduta correta de todos os motoristas.
“O prefeito e o secretário sempre pedem para termos bom senso, primeiro tentar o diálogo antes de notificar, mas infelizmente tem hora que é necessário notificar. Se fossemos agir rigorosamente, precisaríamos de 3 ou 4 reboques para dar conta. Carro sobre calçada, por exemplo, cabe remoção e notificação, só que cabe o bom senso de tentar tirar e se não atrapalhar o pedestre, a gente apenas notifica. O reboque é o último recurso”, explicou.
Com o crescimento populacional e principalmente o inchaço do trânsito com o grande número de veículos circulantes no município, os agentes da GCM não conseguem estar em todos os locais onde ocorrem os problemas, mas agora contam com mais um canal de comunicação para que a população possa contribuir com denúncias: “Hoje temos a lei federal da s Guardas Municipais que trouxe um dispositivo muito bom para a população que é o 153, número de telefone  que  é gratuito e a Guarda atende 24 horas por dia. Quem tiver qualquer problema envolvendo trânsito em Teresópolis é só ligar para o 153”.
Com um efetivo reduzido, devido ao grande período em que não se realiza concurso público para a contratação de novos agentes, a Guarda Municipal de Teresópolis conta com o auxílio de jovens do GAMU que são temporários e contribuem na organização do trânsito, porém não aplicam multas pois não tem a prerrogativa de um GCM.
“O Gamu dá uma suporte muito bom para a Guarda devido ao efetivo reduzido. Mas a gente precisa  ter  mais Guardas efetivo mesmo. Isso foi levado ao prefeito pelo Secretário e futuramente poderá sair um concurso público para nos atender. Este ano ainda não, mas dentro da gestão, que tem 4 anos, acredito que irá ocorrer um concurso”, disse.
Balanço
O balanço divulgado pela Secretaria Municipal de Segurança Pública registra 2.380 atendimentos realizados no mês de janeiro pela Guarda Civil Municipal (GCM). Entre as atividades estão fiscalização de trânsito e remoção de veículos abandonados em vias públicas, estacionados em locais proibidos ou com documentação em desacordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) para o Depósito Público Municipal, em Três Córregos. Também foi prestado apoio às forças de segurança, como o 30º Batalhão de Polícia Militar (30º BPM), a 110ª Polícia Civil e o 16º Grupamento de Bombeiros Militar (16º GBM), com auxílio da 1ª Companhia de Operações com Cães/GCM, e também ao DETRAN e ao Conselho Tutelar.
Foram feitos cadastros de motoristas de veículos por aplicativos que não tinham autorização da Prefeitura para circular. Eles foram orientados a se cadastrar para se adequar à lei municipal que disciplina esse tipo de transporte. Nas ações de choque de ordem da Operação Covid-19, foram contabilizadas fiscalizações em residências e bares sobre horários de restrição e rondas em ruas e praças para orientar a população a evitar aglomeração e o uso obrigatório de máscara de proteção.

PRINCIPAIS OCORRÊNCIAS
- Avanço de sinal: 49
- Estacionamento proibido: 580
- Aplicação de multas: 1.133
- Atendimento de denúncias via WhatsApp: 329
- Choque de Ordem Operação Covid-19: 04
- Apoio a órgãos de fiscalização Operação Covid-19: 04
- Abordagens em ruas, praças e escolas Operação Covid-19: 80
- Operação Moto Legal em parceria com o 30º BPM: 21
- Cadastros de veículos de aplicativos: 06
- Veículos conduzidos para o Depósito Público Municipal em desacordo com o CTB: 27
- Veículos conduzidos para o Depósito Público Municipal em estado de abandono (Lei Municipal 3.726/2018): 05
- Orientação e apreensão de mercadorias de ambulantes em situação irregular: 08
- Ocorrências encaminhadas para a 110ª DP: 05
- Apoio ao 30º BPM: 09
- Apoio ao 16º GBM: 02
- Apoio à blitz do DETRAN: 03
- Apoio ao Conselho Tutelar: 01

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mães também precisam cuidar da saúde mental

Neymar renova contrato com o Paris Saint-Germain até 2025

Serra Azul inaugura loja e já pensa em abrir mais duas em Teresópolis

Dicas para decoração em ambientes pequenos

Teresópolis vai ganhar unidade da "Casa do Trabalhador"

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy