ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Estácio vai liberar bolsas integrais no período de quarentena

Data: 01/04/2020

Além disso, ficam asseguradas, para o semestre em curso, as condições de bolsas já concedidas aos quase 210 mil alunos da Estácio no estado - Arquivo ? O Diário

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), por intermédio de seu presidente, o deputado André Luiz Ceciliano, e a Estácio, que reúne quase 40% de todos os estudantes de ensino superior do estado do Rio, estabeleceram na tarde da última terça-feira (31), um compromisso que irá gerar 40 mil benefícios especiais, entre isenções integrais de mensalidade ou condições flexíveis de pagamento, por cada mês de quarentena no estado do Rio. Além disso, ficam asseguradas, para o semestre em curso, as condições de bolsas já concedidas aos quase 210 mil alunos da Estácio no estado.  A medida é uma das mais amplas no sentido de proteção econômica da população frente à crise deflagrada pelo novo Coronavírus e tem o apoio de entidades de representação de alunos e docentes, entre elas o Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior do Estado do Rio de Janeiro (Semerj). 
“Estamos pensando no cidadão que trabalha para pagar seus estudos, e que não pode ficar sem proteção neste momento tão delicado", disse o presidente da Alerj, André Ceciliano. "A Alerj se posiciona, democraticamente, como instância de diálogo e de articulação entre as partes, que são fundamentais para o enfrentamento sério e consciente desta crise. Estou satisfeito com esse compromisso da Estácio e vamos agora ampliar a medida para todas as outras empresas do ensino superior do estado". "Parabenizo a postura da Estácio, sem dúvida acredito ser fundamental o esforço para dar mais segurança para os alunos menos favorecidos", disse Celso Niskier, vice-presidente do Semerj. "Não só apoiamos a iniciativa como também nos comprometemos a levar a proposta a todos os nossos associados", afirmou o dirigente.
"A Estácio não vem medindo esforços para minimizar os impactos da crise", destacou Eduardo Parente, presidente da Estácio. "Enquanto a quarentena for necessária, vamos continuar oferecendo o ensino por meio da solução que já disponibilizamos, em tempo recorde, para o aluno que está impossibilitado de ir ao campus. Para reduzir os efeitos futuros, estabelecemos esse compromisso, pensando naqueles que serão mais fortemente afetados".

Sobre os benefícios
A Estácio se compromete a isentar, integralmente, 20 mil mensalidades para cada mês de quarentena observado no estado do Rio de Janeiro, além de flexibilizar o prazo de pagamento de outras 20 mil mensalidades. Para ambos os casos, serão priorizados os alunos que tenham perdido o emprego durante o período da quarentena e que tenham a menor renda familiar.
As vantagens serão aplicadas ao término deste semestre letivo, no momento da renovação para o próximo. O regulamento completo será publicado nos próximos dias no portal da Estácio (portal.estacio.br). Os benefícios de proteção perdem sua validade apenas na eventualidade de dispositivos legais, administrativos ou judiciais alterarem a política de mensalidades do setor de ensino superior.

Solução em tempo recorde
A Estácio vem colaborando com os esforços liderados pelas diversas esferas de Governo para atenuar o impacto da pandemia do COVID-19. Em apenas uma semana, a instituição conseguiu colocar 300 mil alunos presenciais de todo o país estudando em casa, interagindo ao vivo com o mesmo professor que tinham nas suas unidades, no mesmo horário de suas aulas. A avaliação dos alunos tem sido extremamente positiva e a solução está tornando possível o cumprimento do calendário acadêmico. Todos os cerca de 8.000 professores da instituição estão engajados na ação. "Estamos orgulhosos do que nossos professores e colaboradores administrativos conseguiram construir em tão pouco tempo. Agora, damos um passo adiante, oferecendo suporte adicional a quem mais vai precisar. É nosso compromisso com a continuidade dos estudos e com o futuro desses alunos", conclui Eduardo Parente.

 

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Tribunal de Contas do Estado aponta para rombo financeiro na prefeitura

COPBEA tem mais de 80% de resolução das denúncias de maus tratos a animais

Piso da Casa de Cultura é recuperado para aulas de dança

Portugal reconhece certificados de vacinação emitidos pelo Brasil

Pescado: Comerciantes locais atentam para cuidados com origem do produto

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy