ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

DIÁRIO TV: Entrevista com o candidato Luiz Ribeiro do PSDB

Data: 11/11/2020

Luiz Ribeiro prometeu recriar o Promaj como forma de inserir os jovens no mercado de trabalho

Na quinta entrevista da série da Diário TV com os prefeitáveis de Teresópolis, que no próximo domingo disputam a oportunidade de gerenciar o município a partir de 1º de janeiro de 2021, o jornalista Marcello Medeiros conversou com o candidato do PSDB, Luiz Ribeiro. Seguindo as regras previstas para todos os candidatos, ele teve direito a três blocos de quinze minutos para apresentar suas propostas para os próximos quatro anos, podendo escolher quais temas discorrer. Além do objetivo de construir um hospital no interior do município com 40 leitos, Luiz Ribeiro tem como uma de suas principais propostas oferecer um benefício de R$ 300,00 mensais às famílias que ficarão sem o auxílio emergencial do governo federal a partir de janeiro.  
Ele afirmou que irá reduzir o preço da passagem para R$ 3,50 já no começo do seu mandato, caso seja eleito. O representante do PSDB falou sobre Economia, Saúde e políticas para o interior do município, além de outros assuntos que são de grande interesse do teresopolitanos, como geração de empregos e a criação de um grande parque na área da antiga Sudamtex. Sobre a Saúde, Luiz Ribeiro destacou que pretende criar um hospital municipal para resolver o problema da dificuldade em se conseguir transferências no município.  Ele salientou ainda que é importante investir no bem estar dos moradores do interior do município que têm dificuldade para ter acesso a Saúde e Educação. Como forma de qualificar o jovem, o candidato quer recriar o Promaj com uma nova metodologia, oferecendo vagas para o primeiro emprego e cursos gratuitos.

Finanças da prefeitura
“A prefeitura arrecadou muito mais do arrecadava, só que às custas de aumento de imposto. No interior é pior porque não se cobra apenas pela casa, mas também pela bomba de água que irriga as plantas. O agricultor pagava 15 reais por mês pela taxa e agora paga 45, 60, 100 reais, dependendo da quantidade de bombas. Não tem nada a ver essa taxa. Mesmo com esse aumento de arrecadação, que foi importante conseguir, a divida da prefeitura só aumenta. Está disponível a todos no portal da transparência que a divida com fornecedores já chega a 120 milhões de reais. Grande parte dessa dívida é com a empresa contratada para fornecer a merenda desse atual governo, enquanto há 136 merendeiras esperando receber e não conseguem”.

Reforma administrativa
“A justiça fiscal é fazer com que as regras que valem para um, valer para todos. Essas regras tem que fazer o dinheiro pago em imposto voltar em serviço. Quando falamos serviço de saúde, educação, mobilidade urbana e por aí vai, todos os serviços que a prefeitura presta. É muito pouco para que a coisa funcione. É necessário cortar da própria carne, uma reforma ampla geral e irrestrita na prefeitura. Tem secretaria com 4 ou 5 subsecretários. Antes da pandemia eram 23 secretarias e uma quantidade imensa de subsecretários. É necessário diminuir o número e otimizar, fazer com que a prefeitura realmente funcione para o cidadão. Aumentar a arrecadação tem que ser de maneira produtiva, isso se consegue desburocratizando a vida do micro e pequeno empreendedor. Ficamos felizes que empresas venham para cá, mas o faturamento real vai para a sede. Mais importante é apoiar as empresas locais para que se multipliquem. Temos que desburocratizar para fazer que com que elas se reproduzam porque o empregado gasta em Teresópolis, no pequeno comercio do bairro e o proprietário é a mesma coisa, uma regra básica de economia”.

Passagem de ônibus a R$ 3,50
“É possível, não foi achado esse valor, não foi algo pinçado, foi estudado com uma equipe técnica séria que realmente entende do assunto ônibus, preço de passagem, porque existe uma planilha que eles apresentam quando vão solicitar o reajuste de tarifa e ao longo desses anos aumentou constantemente. Pegamos os dados das empesas e vimos que nas cidades com ate 200 mil habitantes, o preço da passagem justo seria R$ 3,50 já com a planilha levada à prefeitura. Não é um numero aleatório, é pela própria organização das empresas de transportes coletivos. Com esses dados na mão, vimos que é possível e será um presente que daremos ao teresopolitano a passagem a R$ 3,50 que é um valor justo”. 

Saúde 
“A Saúde em Teresópolis já vinha ruim não é de hoje, e com a pandemia piorou demais, a pandemia trouxe a tona nossas principais fraquezas. Hoje, por exemplo, estive na Coréia, no Meudon e uma senhora que abordei para conversar falou algo que é a realidade do cidadão que não possui plano de saúde em Teresópolis. Ela disse que estava com dor de estômago e aguardando por um exame de endoscopia há dois anos. E assim também acontece com vários outros teresopolitanos que demoram às vezes um ano ou mais aguardando. No Facebook a gente vê depoimentos que nos deixam angustiados. Quando a gente marca uma cirurgia, as pessoas demoram tanto a conseguir que o tempo passa e os exames já estão vencidos, com isso não conseguem fazer cirurgia. Queremos que os postos de saúde já ofereçam a marcação do exame e da consulta de revisão, o que vai economizar muito em termos de gasto publico. Vamos fazer um exame só, menos despesa para o município. Precisamos investir pesado na saúde básica, pois a cada real investido em prevenção, você economiza outros cinco reais em gastos com a saúde assistencial”.

Novo hospital
“Os hospitais privados são muito bons, mas antigamente eram abertos. É importante ter outras portas abertas, hoje só a UPA faz o acolhimento do pronto-socorro e por isso a dificuldade das pessoas serem atendidas, serem transferidas, causando um verdadeiro caos na Saúde. Você não consegue dar a chance de socorro à pessoa para que ela seja direcionada a algum hospital”.

Ações para o interior
“No interior temos um plano simples e eficaz para mudar a vida do teresopolitano do interior: serão duas subprefeituras uma no segundo e outra no terceiro distrito. Cada uma terá também sua usina de asfalto para evitar essa velha politica de jogar asfalto em época de eleição. É uma prática real da velha politica. Com essas subprefeituras, em cada distrito faremos obras o tempo todo. O agricultor precisa de muito pouco, primeiro não quer que você atrapalhe porque ele já sabe trabalhar e, segundo, ele precisa de estrada. O que tem sido feito é jogar asfalto em cima de terra e lama, de qualquer maneira. Primeiro é necessário ver quais são as vias estratégicas e tratar da qualidade da obra pulica, levar isso em consideração, qualidade e durabilidade são fundamentais”. 

Hospital em Bonsucesso
“Temos o objetivo de contar com um hospital em Bonsucesso para atender de Vargem Grande a Vieira com 40 leitos, bem montado e aparelhado, diminuindo 30% o movimento da UPA. Também precisam de creche, não só na cidade porque a mulher agricultora trabalha igual ao marido, tem que cuidar de tudo e participa da colheita, plantio e da liberação d mercadoria, Quero também criar a cidade do agricultor no Parque de Exposições que está abandonado e hoje serve de depósito. O agricultor vai poder ter sua loja, expor seu produto, um cento de atividade e lazer para ele com eventos de motocross e cavalos”.

Sudamtex
“Aquele espaço precisa ser aproveitado, mas não da maneira que esta sendo proposta com 8 a 10 mil pessoas indo para lá, isso é inviável, impossível. Estão querendo prédios com até dez andares, isso é absurdo. A multa que Sudamtex deve é muito maior que os R$ 22 milhões O projeto é de um parque de 70 mil metros quadrados e é isso que nós queremos”. 

“O que dá certo tem que replicar, mas é copiar para fazer melhor, o Promaj por exemplo. Faremos um novo em que as crianças estarão nas secretarias para ajudarem e ganharem experiência profissional. Vamos fazer uma central de tecnologia as crianças aprenderem também, estudando e buscando sua vocação em centros profissionalizantes, ganhando salário e cesta básica”.

 

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Procura por vacinas contra Covid-19 em clínicas particulares é grande em Teresópolis

Floração em tons de rosa e roxo deixa Teresópolis mais colorida

Circuito Terê-Fri, experiências no turismo rural, gastronomia e história

Covid-19: Fiocruz aguarda neste sábado insumo para 12 milhões de doses

BR-116 tem recuperação de pavimento no trecho da Baixada

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy