ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

DIÁRIO TV: Entrevista com o candidato Leandro Neves do partido Avante

Data: 12/11/2020

O Policial Militar, que ficou conhecido no município pela realização da campanha local de Jair Bolsonaro, enfatizou que caso seja eleito já próxima semana irá viajar para Brasília para pedir apoio e conselhos para o presidente - Marcello Medeiros

Marcello Medeiros

Nesta quarta-feira, 11, a Diário TV realizou a sexta entrevista da série com os prefeitáveis de Teresópolis. O candidato Leandro Neves, do Avante, conversou com o jornalista Marcus Wagner sobre alguns projetos que pretende tocar a partir de janeiro de 2021 caso seja eleito como gestor municipal nas eleições do próximo domingo. Como acordado previamente com todas as chapas, ele teve direito a três blocos com o tempo de 15 minutos cada um, além de três minutos para as considerações finais. O Policial Militar, que ficou conhecido no município pela realização da campanha local de Jair Bolsonaro, enfatizou que caso seja eleito já próxima semana irá viajar para Brasília para pedir apoio e conselhos para o presidente. De acordo com o candidato, as orientações presidenciais são fundamentais para a realização de projetos como a implantação de escolas cívico-militares em Teresópolis. “No Amazonas tem uma escola que era a pior do estado e rapidamente se tornou a segunda melhor. Queremos essas escolas funcionais aqui e também escola no modelo confessional, chamando padres católicos e pastores protestantes para gerenciar. Vamos ter jovens mudando hábitos, vamos voltar um pouco dos anos 80. Essa é a fórmula que dá certo, crianças uniformizadas e com a sensação de realmente estar sendo ensinadas”, disse o candidato.
No primeiro bloco, o candidato do Avante escolheu falar sobre a necessidade de mudanças estruturais no município, destacando o que considera ser extremamente prejudicial para Teresópolis, a sua descaracterização com o cada vez maior número de grandes empreendimentos imobiliários. “A partir dos anos 80 nossa arquitetura começou a se descaracterizar, pela abertura política, pela nova visão ideológica de mundo, de esquerda, desde que determinado grupo político começou a vir para Teresópolis. Dali começa a nossa derrocada, principalmente na arquitetura, prédios jogados no chão, ruas com um asfalto terrível... Nossas avenidas tinham paralelepípedos muito bem colocados, não essa fresa que colocaram aí. A cidade está cheia de fiação embolada nos postes, pichações, destruição de prédios e casas históricas. Somando a isso tem a Lei de Zoneamento que centraliza tudo para a cidade, que impede a pessoa de empreender em seu bairro. Tem uma lei de 2012, pós Tragédia, que liberou a construção desenfreada dos condomínios, que permitiu essa verticalização e aumento dos gabaritos. Isso está causando uma situação bizarra, ao meu modo de ver. Estamos perdendo a vista do Dedo de Deus, esse símbolo cristão natural mais imponente do mundo”, enfatizou Leandro, citando a necessidade de um olhar para o passado como forma de organizar melhor o futuro. “Há um grupo que está se beneficiando com a construção desses prédios no município.... Queremos recuperar a forma bucólica da nossa cidade. O que temos hoje é o abandono, mas não só abandono. É proposital, para você não se sentir pertencendo a esse local, não amar e deixar que qualquer um possa abandonar. Precisamos recuperar o sentimento de pertencimento do povo teresopolitano”.

Asfaltamento
“Vou ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, pedir de ajuda para asfaltar 800 quilômetros de estradas vicinais que nunca foram cuidadas. Se eu colocar esse asfalto de péssima qualidade que colocam aí estarei continuando a escravidão do teresopolitano. Vou ouvir as pessoas e buscar saber cada tipo de calçamento ela quer em seu bairro. Em Canoas soube que as pessoas preferem que alguns trechos continuem com estradas de terra, então é preciso respeitar e dar manutenção nesses locais. Alguns locais precisam continuar com paralelepípedos e, quando for preciso asfaltar, como nos locais de escoamento de produção, fazer um serviço bem feito”.

Industrialização
O prefeitável do Avante lembrou grandes indústrias que passaram por Teresópolis, como Sudamtex, Termocel, Hamil Suissa, Espabra, Fibri, Finland e Mondaine, citando a importância de recuperar esse tipo de investimento e, além de criar empregos para os adultos, incentivar a capacitação dos jovens. Ele disse acreditar na potencialidade de industrialização no entorno das rodovias que dão acesso ao município, como RJ-130 e BR-116, e recuperação parte do que já existiu na grande e valorizada área da Sudamtex. “Ela era uma empresa americana, um exemplo. Lembro de um vizinho que entrou em uma semana e na outra já tinha sido promovido. Muitos empresários de hoje foram empregados da Sudamtex. Vejo para aquele local uma indústria modelo, como, por exemplo, a Cervejaria em Serra do Capim. Aquela empresa reestruturou aquele local, gera empregos e contribuiu para a mudança no comércio entorno. Para essa grande área no Centro, penso que pode haver ainda uma contrapartida, de repente fazer um pequeno parque, não algo como o Central Park, como falou um candidato, isso não se constrói. Teresópolis foi reduzida ao nada”, destacou.

Saúde e secretários
Sobre a saúde, Neves disse que irá buscar ajuda em Brasília para a efetivação de um hospital no município, unidade que também poderia contar com a ajuda do governo estadual. Nos seus três minutos finais, o candidato do Avante disse já ter escolhido dois nomes do secretariado: João de Deus da Rocha Campos, Militar Reformado do Exército e por muitos instrutor do Tiro de Guerra 01.011 na Segurança e, na Cultura, o advogado e maestro Nelson Nirenberg, ex-diretor da Filarmônica e Nova York e criador do projeto Aquarius. A entrevista pode ser vista na íntegra na programação da Diário TV (Canal 4 do Sistema RCA News) ou em nosso canal do You Tube.

DATAS ENTREVISTAS - CANDIDATOS A PREFEITO
04/11 - Rodrigo Koblitz PSOL
05/11 - Vinícius Claussen PSC
06/11 - Geraldo Menezes PDT
09/10 - Alex Castellar DEM
10/11 - Luiz Ribeiro PSDB
11/11 - Leandro Neves AVANTE

HOJE 19H - Pedro Gil PATRIOTA

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Procura por vacinas contra Covid-19 em clínicas particulares é grande em Teresópolis

Floração em tons de rosa e roxo deixa Teresópolis mais colorida

Circuito Terê-Fri, experiências no turismo rural, gastronomia e história

Covid-19: Fiocruz aguarda neste sábado insumo para 12 milhões de doses

BR-116 tem recuperação de pavimento no trecho da Baixada

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy