ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

DIÁRIO TV: Entrevista com o candidato Alex Castellar do DEM

Data: 10/11/2020

Marcello Medeiros - O Diário de Teresópolis

Marcello Medeiros

Na quarta entrevista da série da Diário TV com os prefeitáveis de Teresópolis, que no próximo domingo disputam a oportunidade de gerenciar o município a partir de 1º de janeiro de 2021, o jornalista Marcus Wagner conversou com o candidato do DEM, Alex Castellar. Seguindo as regras previstas para todos os candidatos, ele teve direito a três blocos de quinze minutos para apresentar suas propostas para os próximos quatro anos, podendo escolher quais temas discorrer. O representante do Democratas falou sobre saúde, educação e geração de emprego, sendo o último tópico motivo de preocupação muito grande dos teresopolitanos, visto que a situação de quem busca entrar ou se recolocar no mercado de trabalho piorou bastante devido às restrições previstas pela pandemia da Covid-19. Castellar citou a necessidade de investimento nas maiores potencialidades do município, turismo, agricultura e tecnologia, e em capacitação dos jovens para que esse quadro possa ser revertido em um período médio de tempo. Segundo o postulante ao posto máximo do governo municipal, é possível criar 10 mil novos empregos no período de quatro anos.
Sobre um dos eixos para a criação dessas vagas, Alex enfatizou que Teresópolis nunca trabalhou todo o potencial turístico que possui, falando na importância da realização de parcerias com as três unidades de conservação ambiental com sede no município – Parque Nacional da Serra dos Órgãos, Parque Estadual dos Três Picos e Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis, criando roteiros interligados entre eles, e de se valorizar outro patrimônio que qualquer outra cidade gostaria de possuir: O Centro de Treinamento da Confederação Brasileira de Futebol.
“Meu carro chefe vai ser o turismo. Temos uma cidade turística, mas que perde muito por não trabalhar seu tesouro produtivo. Só para se ter uma ideia, recebemos por ano aproximadamente 220 mil turistas, enquanto só o Museu Imperial, em Petrópolis, recebe 400 mil turistas por ano. Temos aqui a Granja Comary com todo o seu potencial e fechada. Pretendo buscar parcerias para que se instale ali o Museu do Futebol, visto que temos a maior Seleção do mundo, o único time pentacampeão mundial. Com um museu sobre esse tema, essa paixão que é o futebol, acredito que vamos receber muito mais turistas do que o Museu Imperial. Se hoje o turismo tem cerca de 2.700 empregos, vamos ter outros 2.700, isso diretos, sem contar toda a cadeia que vem indiretamente”
Ainda dentro do tema, Castellar enfatizou um olhar diferente e diferenciado para o Mirante do Soberbo. “Podemos fazer um consórcio, uma parceria com Guapimirim, para explorar essa espetacular vista do Dedo de Deus. Aquele espaço precisa ser revitalizado, se criar ali uma grande estrutura”. O candidato do DEM acredita ainda em explorar turisticamente as artes marciais. “Temos aqui a história da Família Gracie, temos muitos campeões mundiais e muitos teresopolitanos dando aulas em Dubai. Depois do futebol, esse é o esporte que mais cresce”.

Saúde
Sobre tão importante tópico, visto que a grande maioria dos munícipes depende do Sistema Único de Saúde, Castellar falou em melhoria estratégica para reorganizar as unidades já em funcionamento, a criação de uma nova UPA para atender localidades mais distantes da região central, e um assunto que há anos permeia os pensamentos dos teresopolitanos – a criação de um hospital municipal. Porém, frisou o candidato, seria uma realização a longo prazo. “Tem candidato falando que faz em um ano, mas é inviável. No primeiro ano, para se ter uma ideia, o prefeito não trabalha com o seu orçamento. Vai encontrar o orçamento escolhido pelo anterior e não tem condições de muar em 24h, visto que no orçamento não consta em um hospital. Outro fator é o custo. Um hospital custa em média entre 40 e 50 milhões e depois tem o custeio, os médicos, os enfermeiros, os insumos... Não é um assunto trivial. Uma licitação muito bem organizada se leva de seis a sete meses. Então, para se construir um hospital se leva de dois a três anos e precisa de muita articulação política e gente capacitada para trazer esse recurso para Teresópolis”, explicou, citando ter levado cerca de um ano montando seu plano de governo, com pessoal técnico, para que a ideia possa ser realizada.
O candidato do Democratas falou ainda sobre a necessidade de substituir os temporários da saúde por concursados, o que, segundo ele, permitiria melhor prestação do serviço e resguardo para os próprios funcionários, e de realizar mais investimentos na saúde básica para evitar problemas mais graves no futuro.

Educação
“Cerca de 40% dos estudantes de Teresópolis não terminam o ensino fundamental na idade certa. Entre os estudantes de até 15 anos, 24% são considerados analfabetos funcionais, mal sabem ler e escrever. Há uma vacância gigante nas creches. Faltam 5.400 vagas, são crianças que deveriam estar nas creches e não estão. Pretendemos criar mais três mil vagas nos primeiros quatro anos e ampliar o horário de funcionamento até às 19h. Como uma mãe que trabalha vai sair para buscar a criança até às 16h?”, pontuou Castellar, falando ainda sobre mais investimento no setor com recursos do Fundeb, além de melhorar a capacitação profissional dos professores da rede municipal. “Apuramos que 20% dos professores da rede ainda não têm nível superior. Queremos criar uma escola para educação continuada, ofertar em convênio com as universidades para melhorar a formação desse pessoal”, destacou. A entrevista pode ser vista na íntegra na programação da Diário TV (Canal 4 do Sistema RCA News) ou em nosso canal do You Tube.

DATAS ENTREVISTAS - CANDIDATOS A PREFEITO
04/11 - Rodrigo Koblitz PSOL
05/11 - Vinícius Claussen PSC
06/11 - Geraldo Menezes PDT
09/10 - Alex Castellar DEM

HOJE 19h - Luiz Ribeiro PSDB
11/11 - Leandro Neves AVANTE
12/11 - Pedro Gil PATRIOTA

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Procura por vacinas contra Covid-19 em clínicas particulares é grande em Teresópolis

Floração em tons de rosa e roxo deixa Teresópolis mais colorida

Circuito Terê-Fri, experiências no turismo rural, gastronomia e história

Covid-19: Fiocruz aguarda neste sábado insumo para 12 milhões de doses

BR-116 tem recuperação de pavimento no trecho da Baixada

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy