ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Definidos limites de velocidade nos radares da BR-116

Data: 30/11/2017

Fonte Santa é a única localidade da zona urbana do município que terá o controle eletrônico de velocidade. Diversos acidentes graves, sendo muitos atropelamentos, foram registrados nesse ponto da BR-116 - Foto Marcello Medeiros

Marcello Medeiros

Começaram na última segunda-feira os serviços de instalação de radares em seis pontos da BR-116, no trecho administrado pela Concessionária Rio-Teresópolis, entre Rio de Janeiro e Além Paraíba. Pedido antigo de moradores de comunidades vizinhas à rodovia, e consequentemente onde diariamente milhares de pessoas estão sujeitas a se envolver em graves acidentes de trânsito, tal projeto foi desenvolvido pela CRT e encaminhado para análise e aprovação da Agência Nacional de Transportes Terrestres e Polícia Rodoviária Federal. Nesta quarta-feira O DIÁRIO teve acesso aos limites iniciais de velocidade a serem praticados. Em dois pontos de Guapimirim, por exemplo, os motoristas não poderão passar dos 50km/h se não quiserem ser multados. A Fonte Santa é a única localidade da zona urbana do município que terá o controle eletrônico de velocidade, com a velocidade máxima permitida chegando a 60km/h no quilômetro 78,6, em ambos os sentidos. Diversos acidentes graves, sendo muitos atropelamentos, foram registrados nesse ponto da BR-116. 

De acordo com a Concessionária Rio-Teresópolis, a questão da velocidade que será fiscalizada pelos equipamentos é semelhante às já implantadas na sinalização vertical da rodovia e que ainda será convalidada pelo INMETRO no ato da aferição para entrada em operação. “O projeto visa nos pontos escolhidos garantir à manutenção da velocidade e disciplinar a movimentação, que objetiva a redução dos acidentes”, informa a Assessoria de Comunicação da CRT.  Ainda de acordo com a concessionária, ainda não é possível assegurar que os limites de velocidade serão mantidos, pois o INMETRO pode sugerir alguma alteração. Além disso, ainda não há uma data para o início da aplicação de multas e receita obtida com as notificações aos que não respeitarem os limites de velocidade não cabe a CRT e sim ao governo federal.

O serviço de instalação dos radares segue até o dia 13 de dezembro nos quilômetros 1,9 (Cortiço), 53,5 (São José do Vale do Rio Preto), 78,6 (Fonte Santa), 91,1 (Parada Santa), 101,2 (Monte Olivetti) e 104,4 (Guapimirim). Para tanto, haverá períodos de implantação do sistema pare e siga nos quilômetros 1,9; 53,5; 78,6 e 91, 1, assim como de meia pista nos quilômetros 101,2 e 104,4. Essas intervenções acontecerão sempre dentro no horário das 8h às 19h. “A concessionária sugere que os usuários planejem os seus deslocamentos com alguma antecedência em função de possíveis retenções. O local com intervenção estará devidamente sinalizado e equipe da CRT atuará na orientação dos motoristas”.

Monitoramento
Desde abril passado estão em funcionamento nove câmeras no BR-116, sendo uma no bairro da Fonte Santa, quilômetro 78, e outras nas proximidades do Soberbo e trecho da Serra (Quilômetros 89, 90, 90,5,  92, 93,  94, 100  e 104 ). De acordo com a Concessionária Rio-Teresópolis, os equipamentos têm por objetivo o monitoramento da rodovia pelo setor de Operações. Vale destacar as câmeras ficam em movimento ora sentido Teresópolis, ora sentido Rio, de forma a cobrir o maior perímetro possível, podendo entretanto não registrar algum evento que ocorra no sentido oposto ao direcionamento das mesmas, em determinado momento.

Trânsito em meia pista
Também teve início na última segunda-feira e segue até o dia 15 de dezembro intervenção no tráfego da Serra de Teresópolis, entre os quilômetros 90 e 91 no sentido Teresópolis e do 92 ao 93, na pista para o Rio de Janeiro, com implantação do sistema de pare e siga, das 8h às 20h. Essa medida acontece para permitir a realização do serviço de recuperação do pavimento nesses locais. Nos finais de semana o pare e siga será suspenso.
Embora as intervenções estejam sujeitas às boas condições de trafegabilidade da via, a CRT sugere aos usuários para que planejem seus deslocamentos com antecedência, em função de possíveis retenções. Os locais estarão devidamente sinalizados e equipes da CRT serão mantidas no trecho para orientação dos motoristas. Para outras informações os usuários da BR-116/RJ devem ligar nos números 0800-0210278 e 0800-0210279 (deficientes auditivos e de fala), que funcionam em plantão 24h. 

Sem parada na Serra
Em breve o usuário da rodovia Rio x Teresópolis não irá mais contar com o serviço de abastecimento de combustíveis e lanchonete no quilômetro 95 da BR-116. Por não conseguir renovar sua licença ambiental, a direção do Posto Garrafão, que leva a bandeira da BR Distribuidora, confirmou o encerramento das atividades. Ainda não há data precisa para que as bombas sejam desligadas e a lojinha pare de fornecer o tradicional pão de queijo, mas a previsão é que fechamento do estabelecimento aconteça até o final de dezembro deste ano.
O estabelecimento funciona há exatos 50 anos, sendo efetivado como posto a partir de 1967. O Parque Nacional da Serra dos Órgãos, motivo da suspensão da licença ambiental para operação, foi criado em 1939. Porém, a demarcação da área da unidade de conservação ambiental, que passou a incluir o posto, aconteceu apenas em 1984 através do Decreto número 90.023. Além disso, de acordo com a Lei nº 9.985/2000, o estabelecimento deveria ter sido desapropriado em suas terras e benfeitorias no interior para garantir a preservação ambiental. Porém, até hoje, tal desapropriação não aconteceu e, nos últimos anos, foi anunciado cancelamento da licença, estando envolvidos no processo o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), responsável pela gestão do PARNASO, e o Instituto Estadual do Ambiente (INEA).

LOCAIS E VELOCIDADE PERMITIDA

KM Velocidade Radar Sentido
1,9 50km/h  Além Paraíba
53,5 60km/h Ambos
78,6 60km/h Ambos
91,1 60km/h Ambos
101,2 50km/h Ambos
104,1 50km/h 

Rio

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Covid-19: produtos podem ser apreendidos para evitar desabastecimento

Disseminação de fake news sobre coronavírus preocupa especialistas

Campanha de vacinação contra gripe será antecipada no país

Número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil é de 132

Juros do cheque especial ficam em 165,6% ao ano em janeiro

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ