ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Defesa Civil mantém vigilância em Teresópolis

Data: 09/01/2018

Nesta segunda-feira equipe da Secretaria de Agricultura trabalhou na recuperação do trecho da estrada de acesso às localidades de Porto, Santo Amaro e Imbiú, na zona rural, arrastada pela força da água no fim de semana (Foto AsCom/PMT)

Marcello Medeiros

Em nota divulgada nesta segunda-feira através da Assessoria de Comunicação da Prefeitura, a Defesa Civil Municipal informou que Teresópolis registrou nos últimos dias um grande acumulado de chuvas. E, apesar do um longo período sem precipitação significativa, a previsão de novos temporais para os próximos dias faz o órgão manter o estágio de Vigilância com o telefone 199 funcionando no sistema de plantão 24 horas. ”A Defesa Civil mantém o monitoramento permanente das condições do tempo, com avisos meteorológicos à população através da imprensa, do aplicativo de smartphone AlertasDCT – que permite o acompanhamento meteorológico em tempo real – e da página www.dcteresopolis.blog.br”, informou ainda o documento.

Nesse período chuvoso, a novidade é o serviço de envio de SMS gratuito de alertas de riscos de desastres que utiliza o número do Código de Endereçamento Postal. Para se cadastrar, o interessado deve enviar o seu CEP (apenas números) para 40199 através de SMS. A pessoa receberá uma mensagem confirmando o cadastro. O cadastramento não será realizado, se o CEP estiver fora da região atendida.

Os maiores índices acumulados até a tarde desta segunda-feira foram: Venda Nova (112,06mm), Vieira (104,74mm), Bonsucesso (102,81mm), Caleme (95,8mm), Granja Florestal (94,0mm) e Rosário (86,0 mm). As ocorrências registradas entre sexta e segunda-feira foram: Rua Ernani Benigno, São Pedro, rachadura em muro; Rua Minas Gerais, Granja Primor, muro com risco de queda; 3 - Rua Gustavo Perret, Salaco, risco de queda de árvore; Ponte do Porto, Vargem Grande, trecho de rua cedendo;  Rua Paquequer, Pimentel, deslizamento de terra; Rua Roberto Rosa, Tijuca, risco de queda de árvore; Rua Américo Berlim, Jardim Féo, casa interditada com risco de queda; Morro do Tiro, deslizamento de terra; Rua Zenóbio da Costa, Perpétuo, casa interditada com infiltração e rachadura.

Obra em estrada cedeu com fortes chuvas

Equipe da Secretaria de Agricultura passou esta segunda-feira, dia 8, trabalhando em Vargem Grande, na recuperação do trecho da estrada de acesso às localidades de Porto, Santo Amaro e Imbiú, na zona rural. Importante para o escoamento da produção agrícola, parte da via foi interditada pela Defesa Civil após ter cedido com as fortes chuvas do fim de semana. Utilizando uma retroescavadeira e duas escavadeiras hidráulicas, emprestadas à Prefeitura pelo empresário Paulo Cézar Rosa, no local interditado foi aberto um buraco de 10m de extensão por 9m de profundidade, para a colocação de 10 manilhas de 60cm de diâmetro, visando à recuperação da rede de escoamento de água pluvial.

Outros municípios

Com as chuvas que atingem a região, a Secretaria de Defesa Civil de Petrópolis, na região serrana do Rio,  registrou a queda de uma árvore na Avenida Leopoldina, em Nogueira, no início da noite de domingo (7). A prefeitura requisitou apoio da concessionária de energia elétrica (Enel) para a retirada do material, já que a árvore ficou apoiada em um fio de energia.
A Defesa Civil daquele município permanece em estágio de atenção, já que as chuvas continuam em algumas regiões da cidade e há a previsão de mau tempo permanente ao longo do dia. A Defesa Civil pede para a população ter atenção em função dos acumulados de chuva que deixam o solo muito molhado.
Nas últimas 24 horas, o maior índice pluviométrico foi anotado no bairro João Xavier, no Bingen, onde choveu 26 milímetros. No mesmo período, no bairro da Taquara, foram registrados 19 milímetros.

Em Nova Friburgo, devido ao temporal do fim de semana, a Secretaria de Obras - em parceria com a Defesa Civil e a Secretaria de Mobilidade Urbana - está atuando de forma integrada para minimizar os efeitos do temporal nos locais mais atingidos. No distrito de Riograndina, foi isolada uma área onde uma barreira deslizou. O mesmo ocorreu na Estrada do Cardinot, onde também houve um deslizamento de terra, impedindo a circulação de veículos. Nos dois casos, não houve vítimas.

 

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

INSS divulga calendário de pagamentos de benefícios em 2021

Covid-19: volume de vacinas ainda é insuficiente para atender o Brasil

Habilitações vencidas em 2020 terão um ano a mais de validade

Caixa retorna valores não movimentados do saque emergencial do FGTS

Faperj investe em inseticida biológico criado a partir de um fungo

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy