ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Defesa Civil faz demolição de imóvel em área de risco

Data: 03/04/2019

Antes de serem demolidos, os imóveis são fotografados e medidos. O objetivo é gerar um documento para ser entregue aos proprietários - AsComPMT

Equipe da Defesa Civil Municipal, auxiliada por servidores da Secretarias de Obras, demoliu nesta quarta-feira (3), uma casa desocupada e localizada em encosta no bairro Vale da Revolta. A medida segue orientação do Ministério Público Estadual. O referido imóvel já havia sido demarcado pelo órgão para demolição por localizar-se em área de risco de deslizamento de terra. A previsão é de que outras 20 casas, na mesma situação e com processos para a demolição em andamento, sejam derrubadas em vários bairros.
A ação preventiva de preservação de vidas foi coordenada pelo Subtenente Nascimento, Diretor Operacional da Defesa Civil. “Temos ordem do Ministério Público para proceder com a demolição dessas casas que estão vazias e demarcadas. Segundo documentação da Defesa Civil, o dono dessa casa demolida recebe aluguel social. A demolição acontece para que a casa interditada não volte a ser ocupada”, relatou Nascimento, acrescentando que o entulho será retirado para plantio de mudas e reflorestamento da área.
O presidente da Associação de Moradores do Vale da Revolta, Tadeu Florêncio, acompanhou a ação. “Sou a favor da demolição da casa que está interditada e em risco, desde que o dono receba aluguel social”, comentou. Antes de serem demolidos, os imóveis são fotografados e medidos. O objetivo é gerar um documento para ser entregue aos proprietários, para que possam recorrer aos órgãos competentes para serem inseridos em algum programa de realocação, seja através do pagamento de aluguel social ou de inserção em programa habitacional.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Rio suspende vacinação de profissionais de educação e segurança

Programa de redução de salários preserva mais de 500 mil empregos

Covid-19: Brasil tem mais de 15 milhões de casos acumulados

Estudo mostra que máscaras de algodão têm eficiência de 20% a 60%

Teresópolis imuniza pessoas com Síndrome de Down, grávidas e mulheres que tiveram bebê recentemente, após 45 dias do parto

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy