ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Covid-19: Prefeitura de Teresópolis promete acatar algumas orientações da Justiça

Data: 02/07/2020

Agentes da Guarda Civil Municipal têm realizado campanhas de orientação do uso da máscara em vários bairros

Marcello Medeiros

Mesmo com a decisão favorável obtida no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que desobrigou o município de acatar determinação da 1ª Vara Cível de Teresópolis em relação a restrições e flexibilizações da economia por conta da pandemia do novo coronavírus, a prefeitura informou à redação do jornal O Diário e Diário TV na tarde desta quinta-feira que pretende acatar algumas das orientações do Juiz Carlo Basílico em relação às ações necessárias para conter o avanço da Covid-19 no município. “A previsão é de que seja publicado, nesta sexta, 3, novo decreto, com novas medidas de prevenção e de combate ao coronavírus no município, incluindo recomendações da 1ª Vara Cível de Teresópolis para aprimoramento de tais medidas”, informou a PMT, através da Assessoria de Comunicação. 
A decisão da Comarca de Teresópolis, que acabou embargada pelo TJ, tem vários pontos com mais restrições do que as que têm sido mantidas pela gestão municipal. Em relação às máscaras, por exemplo, foi orientada a exigência de utilização mesmo na prática de esportes – como caminhada, corrida e ciclismo, onde frequentemente têm sido flagradas pessoas sem o equipamento, além da proibição de fumar em locais públicos, pois para tal ato é preciso retirar a máscara. O Judiciário local também pediu a volta das barreiras sanitárias para evitar acesso de veículos de outros municípios e a restrição de circulação do período das 23h às 05h, além de exigência do rodízio de CPF inclusive para acesso aos shoppings. Foi cobrada ainda a ampliação das equipes de fiscalização e canais para denúncias de desrespeito aos tópicos do decreto que estiver em curso, além de campanha massiva de conscientização da população, entre outros tópicos. Até o fechamento desta edição não havia informação sobre quais deles seriam incluídos na nova determinação municipal.

Mais 32 casos e duas mortes
Dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde no final da tarde desta quinta-feira, 02, indicam que houve o registro de mais 42 casos do novo coronavírus, passando o total para 1550 notificações. Em relação aos óbitos, mais dois foram confirmados, totalizando 52 vidas perdidas para a Covid-19. Outras sete mortes estão sendo investigadas. O número de recuperados também subiu, chegando agora a 891 (Dados anteriores indicavam 793). O Gabinete de Crise informou também que até o momento havia cinco testes em análise no Lacen-RJ. “Dos 47 pacientes internados, 28 têm diagnóstico positivo para Covid-19. No total, 18 pessoas estão na UTI e 14 estão intubados. Há 52 óbitos confirmados e 7 suspeitos.

“Bagunça” no interior
Entre os novos casos confirmados, seis são de moradores de Santa Rosa, quatro são de Mottas e um de Bonsucesso, regiões onde têm sido flagrados frequentes casos de desrespeito às medidas restritivas e orientações para se evitar aglomerações. Em Bonsucesso, por exemplo, bares foram multados por permitirem a presença de grande público. Dezenas de vídeos de tal situação foram divulgados em redes sociais nos últimos dias. “A Secretaria Municipal de Fazenda informa que equipes seguem com a fiscalização relacionada ao descumprimento das medidas de prevenção do novo coronavírus. O número de WhatsApp para denúncias é (21) 98126-4038”, informa a PMT. 

Estado soma 10.332 mortes
O estado do Rio de Janeiro registrou 116.823 casos e 10.332 mortes por Covid-19, desde o início da pandemia, em meados de março. Os números foram divulgados nesta quinta-feira, 02, pela Secretaria de Estado de Saúde (SES). São mais 1.545 infectados e 134 óbitos registrados nas 24 horas entre o boletim divulgado ontem e o de hoje. Há outros 988 óbitos em investigação e 95.028 pacientes se recuperaram da doença.

País ultrapassa 60 mil mortes
O Brasil tem 1.496.858 casos confirmados de covid-19 e 61.884 mortes pela doença, segundo os dados mais recentes do Ministério da Saúde, divulgados nesta quinta. Com isso, o país se aproxima de 1,5 milhão de pessoas infectadas. Nas últimas 24 horas, 1.252 óbitos e 48.195 casos confirmados foram agregados às estatísticas. Do total de infectados até o momento, 852.816 pessoas se recuperaram da doença e 582.158 mil pacientes ainda estão em acompanhamento. Há ainda 3.931 mortes em investigação. No dia anterior, o balanço do Ministério da Saúde trazia 60.632 falecimentos e 1.488.753 casos confirmados; sendo que de terça-feira (31) para quarta-feira, foram agregados 1.038 óbitos e 46.712 novos casos. A taxa de letalidade da doença (número de mortes pelo total de casos) ficou em 4,1%, enquanto a de mortalidade (número de óbitos por 100 mil habitantes) ficou em 29,4. A incidência (quantidade de casos pela população) está em 712,3.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Soros produzidos por cavalos têm anticorpos potentes para covid-19

CRAS Fischer registra mais de 2.300 atendimentos em sete meses

Aberta consulta pública para zoneamento do Parque Montanhas

Emprego: Sobe para 65 o número de vagas oferecidas pelo Sine

Caixa libera saque de auxílio emergencial para 4 milhões de pessoas

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy