ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Conselho de Meio Ambiente define câmaras técnicas

Data: 10/10/2018

Compostas por integrantes do próprio COMDEMA, as câmaras debatem assuntos específicos e relacionados às suas respectivas áreas

 
Foram definidos nesta segunda-feira (8), durante sua primeira reunião ordinária após um ano inativo, os integrantes das quatro câmaras técnicas do COMDEMA (Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente): de Legislação, de Educação Ambiental, de Saneamento Básico e de Floresta e Biodiversidade. Compostas por integrantes do próprio COMDEMA, as câmaras debatem assuntos específicos e relacionados às suas respectivas áreas. Podem, por exemplo, embasar pareceres do Conselho após a devida aprovação em plenário.
“Nesta primeira reunião ordinária, tratamos da reestruturação do COMDEMA e sua dinâmica de trabalho daqui pra frente. Com as câmaras técnicas se reorganizando, os integrantes vão trazer dados a serem tratados na reunião de dezembro e que serão incorporados à política municipal de Meio Ambiente”, explicou Raimundo Lopes, Secretário de Meio Ambiente e presidente do órgão.
 
Proteção animal, lixo, água, esgoto
Também foram feitos informes sobre a mais recente ação da Gestão Municipal na área ambiental: A criação da Coordenadoria de Proteção e Bem-estar Animal. De autoria do Executivo, e aprovada por unanimidade pela Câmara Municipal, a Lei Municipal 3.714/2018 foi publicada na edição desta terça (9), no Diário Oficial Eletrônico.
Subordinada à Secretaria Municipal de Meio Ambiente e sem custos para os cofres públicos, o novo órgão terá como objetivo elaborar e executar políticas públicas voltadas para o cuidado dos animais e à prevenção de agravos à saúde pública e de maus tratos. Vai atuar com pessoal realocado de cargos já existentes em outros setores da Prefeitura.
Outro tema abordado foi o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, que trata do lixo urbano e da reciclagem, através da coleta seletiva. O documento foi publicado na edição nº 141 do Diário Oficial Eletrônico de 2017 e está disponível para consulta no site institucional da Prefeitura – www.teresópolis.rj.gov.br.
O Plano de Saneamento Básico, que engloba drenagem urbana e tratamento de água e de esgoto, também foi citado na primeira reunião ordinária do COMDEMA. O Secretário Raimundo Lopes lembrou que a gestão do Prefeito Vinicius Claussen pretende lançar, em no máximo 15 dias, o Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) ao mercado. Através dele, empresas interessadas poderão realizar estudos e apresentar projetos para atender as necessidades de Teresópolis em relação à água e esgoto. Essas propostas, sem custo para o erário público, poderão ser usadas integralmente, ou em parte, na futura licitação.
 

 

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jovens vão auxiliar a Guarda Municipal usando bicicletas

Dodge diz ao Supremo que Lula não pode conceder entrevistas na prisão

Campanha para descarte correto de medicamentos

Campanha de renegociação de dívidas continua na PMT

Posto de Saúde de Araras recebe ação do Outubro Rosa

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ