ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Conscientização sobre combate ao mosquito Aedes aegypti

Data: 07/11/2019

"A responsabilidade é de todos: poder público e população. Temos que trabalhar unidos para proteger nossas casas e familiares contra o mosquito", conclama o secretário municipal de Saúde, Antonio Henrique Vasconcellos - Arquivo ? O Diário

Com o lema “Todos contra o mosquito”, será realizada neste sábado (09), uma mobilização para conscientizar a população sobre a importância de combater o Aedes aegypti. O mosquito é transmissor de várias doenças, entre elas, dengue, zika, chikungunya e febre amarela. A ação será realizada das 9h às 14h, na Calçada da Fama, na Várzea. Com realização da Prefeitura, através da Secretaria de Saúde, e apoio do Unifeso (Centro Universitário Serra dos Órgãos), a iniciativa segue campanha lançada pelo Ministério da Saúde. O objetivo é conscientizar as pessoas a destinarem 10 minutos, por dia, para verificar se existe depósito de água ou acúmulo de lixo em suas residências que possam se transformar em criadouros do mosquito.“A proposta é nos organizarmos antes do período chuvoso intenso do verão para combater criadouros e possíveis focos do Aedes aegypti. A responsabilidade é de todos: poder público e população. Temos que trabalhar unidos para proteger nossas casas e familiares contra o mosquito”, conclama o secretário municipal de Saúde, Antonio Henrique Vasconcellos.
Combate ao mosquito: 1 – Coloque areia no prato dos vasos de plantas; 2 - Mantenha os ralos limpos jogando água sanitária ou desinfetante semanalmente. Se não for utilizá-los, mantenha-os vedados; 3 - Jogue no lixo todo objeto que possa acumular água, como embalagens usadas, potes, latas, copos, garrafas vazias etc; 4 - Mantenha o saco de lixo bem fechado e fora do alcance de animais até o recolhimento pelo serviço de limpeza urbana. Não jogue lixo em terrenos baldios; 5 - Lave, principalmente por dentro, com escova e sabão, os utensílios usados para guardar água, como jarras, garrafas, potes, baldes etc; 6 - Troque diariamente a água dos bebedouros de animais e aves e limpe-os com escova ou bucha; 7 - Depressões de terreno também são possíveis poças de água parada. Preencha-os com areia ou pó de pedra; 8 - Mantenha caixas d’água, cisternas, tonéis e outros depósitos de água sempre bem fechados, com a tampa adequada, para impedir a entrada do mosquito; 9 – Mantenha pneus sem água, em local coberto e abrigados da chuva; 10 - Garrafas vazias devem ficar sempre de cabeça para baixo e em local coberto; 11 - Limpe constantemente as calhas, remova tudo que possa impedir a passagem da água, a laje e a piscina de sua casa; 12 – Mantenha as bromélias tratadas com água sanitária na proporção de uma colher de sopa para um litro de água, regando, no mínimo, duas vezes por semana. Tire sempre a água acumulada nas folhas.

 

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Seleção Brasileira em Teresópolis no próximo dia 27

Maio Amarelo: Governo alerta para a segurança no trânsito fluminense

Teresópolis tem 660 motoristas de aplicativo

Nova sede da OAB homenageia ex-presidente Sidley Fernandes Pereira

A importância da Consultoria de Imagem para homens e mulheres

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy