ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Cinco funcionários de bancos na lista de positivos para Covid-19

Data: 03/06/2020

Três bancários trabalhavam na agência do Santander da Avenida Feliciano Sodré, que precisou ser fechada, um no Itaú e outro no Bradesco - Ricardo Abreu

Quando se fala na chamada “linha de frente” no combate ao novo coronavírus, encabeça essa relação os profissionais da área de saúde, logicamente. Porém, existem diversas outras categorias que também têm se arriscado diariamente na pandemia da Covid-19. Uma dessas é a dos bancários, profissionais que têm sido obrigados a enfrentar uma ainda mais estressante e perigosa rotina de trabalho após a crise econômica gerada pela doença em todo o mundo. Em Teresópolis, devido ao aumento da procura pelas agências financeiras, para a liberação do auxílio emergencial, busca por empréstimos ou negociação de dívidas, entre outros, cinco bancários já testaram positivo para a Covid-19. Três trabalhavam na agência do Santander da Avenida Feliciano Sodré, uma no Itaú em frente ao Sesc, na Avenida Delfim Moreira, e outra no Bradesco, também próximo ao prédio do Serviço Social do Comércio, na Várzea. De acordo com o Sindicato dos Bancários de Teresópolis, uma das funcionárias que teve a confirmação para a doença está internada no Hospital das Clínicas Constantino Ottaviano (HCTCO). 
A agência do Santander na Avenida Feliciano Sodré, na Reta, precisou ficar fechada por conta da situação. Isso porque, também segundo informado pelo Sindicato dos Bancários, o banco não conta com pessoal suficiente para substituir a equipe da unidade, que foi colocada em quarentena após uma funcionária ter testado positivo. O afastamento é um procedimento padrão da categoria, visando diminuir os riscos de contaminação de outros funcionários e dos clientes que buscarem atendimento. Além disso, toda a agência precisa ser higienizada. O primeiro caso registrado entre a categoria foi o do Itaú. Nesse caso, porém, o banco reabriu cinco dias após a confirmação de uma funcionária infectada, havendo a substituição de todo o pessoal enquanto os que trabalhavam com ela ficaram no período de quarentena.
Na ocasião, Cláudio Mello, Presidente do Sindicato dos Bancários de Teresópolis, atentou para a necessidade do trabalho de higienização frequente desses ambientes – muito procurados nesse período. “Encaminhei para o governo municipal, através do secretário municipal de Defesa Civil e Meio Ambiente, o amigo Flávio Castro, sobre a possibilidade do prefeito, através do Decreto Municipal, exigir dos bancos que se faça todo fim de semana no hall dos caixas eletrônicos esse trabalho. Ele ficou de encaminhar nossa proposta sugestão ao prefeito. O custo é baixo diante dos lucros do setor financeiro e seria uma forma de prevenção, pois as agências bancárias são um foco de contágio. Da pra fazer um planejamento para que se garanta um hall eletrônico para os clientes que precisarem usar enquanto o outro é limpo. Essa semana começou o pagamento dos aposentados e pensionistas, daí fazer essa higienização em todas as agências é oportuna e necessária”, frisou. Apesar do pedido, a medida não foi tomada pelo governo municipal.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Professores fazem carreata contra volta às aulas no estado de SP

Câmara aprova MP que suspende cumprimento mínimo de dias letivos

Covid-19: Teresópolis tem 75% dos leitos UTI ocupados

Presidente Jair Bolsonaro testa positivo para covid-19

Com aumento de mortes, Miami volta a fechar restaurantes

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy