ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Choque de ordem no comércio de rua em Teresópolis

Data: 24/08/2018

Agentes da secretaria municipal de Fazenda, com apoio da Guarda Civil Municipal e policiais do 30º BPM, realizaram mais um choque de ordem nas vias da região central do município

Marcello Medeiros

Agentes da secretaria municipal de Fazenda, com apoio da Guarda Civil Municipal e policiais do 30º BPM, realizaram mais um choque de ordem nas vias da região central do município. Dessa vez o foco foram os vendedores ambulantes que têm atuado com bastante frequência na Várzea, principalmente na Avenida Delfim Moreira. Segundo informado pela PMT, na maioria pessoas que têm feito o comércio ilegal de mercadorias, sendo identificados que cerca de 80% dos ambulantes abordados são moradores de outros municípios. “A Fiscalização Fazendária atua para garantir a atividade econômica legal no município, que gera empregos e ajuda a economia de Teresópolis”, informou a Assessoria de Comunicação da Prefeitura nesta quinta-feira.
Também segundo o documento, essa foi a segunda abordagem aos camelôs – que têm surgido em cada vez maior número na Várzea. A primeira foi de orientação e informação. Nesta quarta-feira (22), aconteceram apreensões de mercadorias, principalmente meias e panos de prato de origem duvidosa. O material foi enviado ao depósito da prefeitura para futuro leilão, caso não sejam apresentadas as devidas notas fiscais. Até o fechamento desta edição, nenhum ambulante havia procurado a secretaria municipal de Fazenda para reaver seus produtos.
Parte dos produtos, inclusive, foi abandonada em via pública quando os vendedores perceberam a chegada da equipe de fiscalização. Além de panos de prato e meias, eletrônicos, brinquedos, roupas, óculos e até perfume têm sido comercializados nas principais vias da região central do município. Em alguns locais e momentos, os pedestres têm até dificuldade para utilizar a calçada por conta da exposição desses materiais.
“Sabemos que muita gente precisa trabalhar, mas temos visto produtos suspeitos sendo vendidos na porta das nossas lojas, logicamente com preços mais em conta porque não se sabe a procedência e, além disso, ambulante que não tem qualquer cadastro para trabalhar não paga nenhum tipo de imposto. Aí fica mais fácil. Difícil é manter uma loja de portas abertas, pagando vários impostos e mantendo funcionários com carteira assinada. Se não houver uma fiscalização, daqui a pouco todo mundo fecha as portas e vai para a calçada vender seus produtos”, relatou ao jornal O DIÁRIO um comerciante que mantém estabelecimento justamente na Delfim Moreira. 

App para reclamações e denúncias
A Ouvidoria-Geral da Prefeitura de Teresópolis foi incluída em um aplicativo que permite ao cidadão solicitar serviços públicos, reclamar, sugerir, conseguir informação e até denunciar. Batizado de eOuve, ele está disponível no Google Play e App Store e relaciona prefeituras de vários municípios. Com o aplicativo, o teresopolitano poderá acessar serviços de várias secretarias e solicitá-los on-line, usando celular, tablet ou computador. Após baixar o aplicativo, este vai solicitar a indicação da cidade do usuário: Teresópolis. A partir daí, um cadastro simples identifica o cidadão. 
Todas as secretarias de Teresópolis estão relacionadas no aplicativo e os serviços disponíveis também. Ao selecionar uma secretaria, o contribuinte pode escolher o assunto e a categoria: denúncia, elogio, informação, reclamação, solicitação ou sugestão. O eOuve tem ainda um espaço para que o cidadão diga algo sobre o assunto que motivou o contato. De acordo com o Ouvidor-Geral, Anderson Gutemberg, os canais tradicionais de atendimento por telefone, e-mail e direto na ouvidoria continuam abertos, mas o eOuve é uma ferramenta extraordinária colocada à disposição da cidade de Teresópolis.
 O aplicativo eOuve também ajuda na gestão do município, uma vez que permite perceber, apenas visualizando o mapa da cidade, quais os bairros estão gerando as maiores demandas e de que tipo. O eOuve está conectado ao projeto de cidade inteligente, que oferece serviços on-line com mais praticidade e economia para o cidadão. A Ouvidoria-Geral atende na Avenida Lucio Meira, 375, Várzea (antigo Fórum). O e-mail é ouvidoria@teresopolis.rj.gov.br e o telefone para contato é o 2742-3352, ramal 257.

 

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Prefeitura de Teresópolis libera reabertura dos parques

Anticorpos contra covid-19 duram pelo menos sete meses, mostra estudo

Aos 80 anos, Pelé é homenageado pela Fifa

Eleições: PF usará drones para flagrar crimes como boca de urna

Estado repassa mais R$ 371 milhões para as prefeituras fluminenses

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy