ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Capacitação para auxiliar vítimas de violência doméstica

Data: 25/10/2019

Com mais de 90% da clientela formada pelo público feminino, os salões de beleza são os alvos do projeto "S.O.S. Tá na Mão", lançado nesta quarta-feira, 23, pela Secretaria Municipal dos Direitos da Mulher - AsComPMT

Com mais de 90% da clientela formada pelo público feminino, os salões de beleza são os alvos do projeto “S.O.S. Tá na Mão”, lançado nesta quarta-feira, 23, pela Secretaria Municipal dos Direitos da Mulher, no Espaço Qualivita, na Várzea. Com o lema “Diga NÃO a qualquer tipo de violência contra a mulher”, o projeto consiste na capacitação dos profissionais destes estabelecimentos. A proposta é que eles sejam multiplicadores de informação junto ao seu público, divulgando os contatos dos órgãos de atendimento às mulheres em situação de vulnerabilidade e emergencial. “Caso tenha conhecimento de alguma mulher que sofre violência doméstica, a clientela poderá facilitar o acesso dessa possível vítima aos canais de atendimento. Para isso, produzimos e distribuímos, nos salões de beleza, capas com lixas de unha contendo mensagem e os números dos telefones dos órgãos de acesso ao socorro feminino”, explica Margareth Rosi, secretária dos Direitos da Mulher.
Durante a formação, é feita palestra de conscientização sobre os tipos de violência contra as mulheres, bem como seus direitos. “É um projeto pioneiro. Precisamos agir e ampliar nossas ações, pois muitas mulheres clamam por socorro, sofrendo em silêncio por não saberem onde pedir ajuda”, avalia Margareth Rosi.

“S.O.S. Tá na Mão”
A capacitação dos profissionais dos salões de beleza é voltada para que eles estejam aptos a perceber quando uma cliente sua está sofrendo violência doméstica. Os encontros acontecerão um por estabelecimento com duração de aproximadamente 2h, com exposição oral, dinâmicas e troca de experiências. Esses encontros são agendados com os salões individualmente atendendo a agenda da Secretaria dos Direitos da Mulher e deles próprios. A proposta é que, com essa capacitação, os profissionais estejam preparados para não só perceber, mas também abordar a sua cliente que necessite de ajuda.
O projeto também será divulgado nos eventos sociais da Prefeitura, como Operação Prefeitura Presente, em palestras, inaugurações, atividades da Secretaria dos Direitos da Mulher, etc. A Secretaria dos Direitos da Mulher disponibiliza atendimento com assistente social, jurídico e de apoio à mulher. Funciona no Centro Administrativo Municipal Manoel Machado de Freitas, antigo Fórum (Av. Lúcio Meira, 375, sala 201 – Várzea). Os telefones para contato são 2742-1038 e 98805-4391.


 

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Avanço da Ômicron leva Uerj a manter atividades presenciais suspensas

Especialistas falam sobre o verão e a prevenção de doenças

Monitoramento de dengue indica pontos de atenção no Brasil

Lei Seca registrou altos índices de alcoolemia no último final de semana

Secretaria de Trabalho divulga mais de 840 vagas em várias regiões fluminenses

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy