ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Cão farejador auxilia polícia no combate ao tráfico

Data: 24/04/2019

Cão farejador da Guarda Civil Municipal identificou esconderijo de cocaína e maconha no interior de estepe de VW Polo. Droga havia sido comprada na favela de Acari, no Rio de Janeiro. Morador do Imbiú acabou preso em flagrante - Divulgação 30º BPM

O 30º Batalhão de Polícia Militar é um dos mais atuantes no combate a um tipo de crime que assola todo o país, o tráfico de entorpecentes. Para fazer tal afirmação não é preciso nem pesquisar muito, pois, mesmo empiricamente, é fácil constatar a luta contra tal prática: Diariamente acontecem flagrantes de venda ou uso de entorpecentes. E, além da dedicação dos militares de Teresópolis, o quartel local conta com outro grande apoio, a equipe de cães da Guarda Civil Municipal. Nos últimos meses foram registradas várias ocorrências onde os animais auxiliaram na identificação de drogas escondidas pelos traficantes. No final de domingo, por exemplo, um morador de localidade no Terceiro Distrito tentou entrar no município transportando grande quantidade de cocaína e maconha escondidas dentro do estepe do veículo, sendo que poderia ter obtido êxito se o cão farejador da GM não tivesse indicado que havia algo errado no acessório do veículo.
Equipe do DPO Bonsucesso recebeu a informação que o homem estaria subindo a Serra com entorpecente adquirido na favela de Acari, no Rio de Janeiro, e montaram operação no bairro do Soberbo em conjunto com as equipes do PATAMO, DPO São Pedro e Polícia Reservada (P2). Inicialmente nada foi encontrado, mas, com o nervosismo do condutor do VW Polo de cor preta, o “especialista” da Guarda Municipal foi acionado. Depois que o cão farejador indicou que poderia haver algo errado, o estepe foi levado para um borracheiro e desmontado: Havia no seu interior 195 sacolés de cocaína com a inscrição “Mulher do Brabo” e 30 buchas de maconha. Diante da situação, o morador do Imbiú recebeu voz de prisão em flagrante e ficou na carceragem da 110ª DP até transferência para unidade prisional da Polinter, no Rio de Janeiro.

Drogas em ônibus
Na segunda-feira, um homem tentou ingressar no município transportando drogas no interior do coletivo da Viação Teresópolis que faz a linha Magé. Ele estava de posse de pequena quantidade de cocaína e um tablete de Cannabis sativa, popularmente conhecida como maconha. A droga havia sido comprada em favela do Complexo da Maré, no Rio de Janeiro, não sendo indicada em qual comunidade de Teresópolis seria comercializada.
Também na segunda-feira, policiais do 30º BPM deram flagrante em adolescente que vendia cocaína no bairro do Rosário. Ele tentou escapar da autuação por fato análogo ao tráfico correndo e jogando em viela embalagem com 10 sacolés de cocaína. Também tinha R$ 70, dinheiro que recebido com o tráfico. Momentos antes, ele teria feito o “acerto” com os traficantes responsáveis pelo movimento naquela comunidade. Informações que possam contribuir com o trabalho da polícia podem ser passadas para os telefones 190, 2742-7755 e 99817-7508. Não é necessário se identificar.

 

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Todos os assentos de transportes intermunicipais podem passar a ser preferenciais

Inscrições para o Sisu começam dia 4 de junho

Túnel acústico é reaberto parcialmente no Rio após desabamento

Prefeitura de Guapimirim realiza mobilização contra abuso infantil

Vacinação e Prevenção na época mais fria do ano

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ