ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

CAMP ganha nova sede ao lado da Igreja de Santo Antônio

Data: 14/07/2017

Após ter que desocupar a antiga sede e passar por momentos de incerteza sobre o futuro, o Círculo de Amigos do Menino Patrulheiro (CAMP) agora possui novo endereço para atendimento através de uma parceria com a Paróquia de Santo Antônio que cedeu a utilização de parte das instalações do Centro Social e Pastoral, no Bairro do Alto, ao lado da igreja. A instituição é dirigida pela presidente Madalena Rucker que destacou que o novo espaço vai permitir ampliar o trabalho de dar atenção aos jovens com capacitações gratuitas e encaminhamento ao mercado de trabalho. 
“O CAMP estava passando uma situação catastrófica, se acaba ou não, se consegue lugar e em seguida houve o problema do despejo, consequentemente fomos notificados para deixar o espaço. Nessa angústia toda com nossa equipe de funcionários, eis que surgiu uma luz no fim do túnel com uma bondade indiscutível do nosso amigo Padre Jorge e a Mitra Diocesana de Petrópolis veio ao nosso encontro através de pessoas que fizeram essa aliança oferecendo esse espaço em uma parceria que vai permitir a continuidade do nosso trabalho”, explicou Madalena. 
Com a liberdade de utilizar salas e espaços de vários andares do prédio, o CAMP pretende implantar novidades para os jovens e disponibilizar um número maior de cursos profissionalizantes. Já para o mês de agosto está prevista uma grande novidade que é o curso de gastronomia que vai permitir a inserção de muitos adolescentes nas empresas deste setor que tem grande importância na economia de Teresópolis. 
“Eu tenho certeza que vai aumentar muito mais o nosso trabalho, pois a procura tem sido muito maior porque aqui no centro social estamos tendo uma grande visibilidade. É uma grande felicidade, estamos vibrando e vejo no rosto da equipe que está todo mundo feliz. Este espaço é uma conquista porque o CAMP sempre trabalhou sem qualquer afirmação religiosa. Nós recebemos a todos. O padre Jorge também tem esse espírito comunitário, nunca tivemos preconceito sobre credo religioso, temos sempre uma grande procura”, destacou a presidente da instituição.

Trabalho social
O programa, que oferece treinamento a meninos e meninas entre 14 e 18 anos para depois introduzí-los no mercado de trabalho, existe em Teresópolis há 33 anos. Durante este tempo aqui no município, já encaminhou milhares de adolescentes a empresas conveniadas ao programa, e atualmente há muitos em pleno estágio. Mesmo em época de crise, as possibilidades de em pouco tempo estarem efetivados nos serviços e trabalhando com carteira assinada é grande. Muitos dos meninos e meninas que passam pelo programa conseguem se estabilizar profissionalmente, e até, se tornarem donos dos seus próprios negócios.
O CAMP funciona cadastrando empresas que se dispõem a empregar adolescentes como estagiários durante um período de experiência. Os jovens passam por um treinamento de quatro meses aprovado pelo Conselho Estadual de Educação. Durante este período, a exigência maior é de que os alunos não abandonem a escola e freqüentem as aulas do CAMP como um reforço escolar, além de receberem orientação pedagógica, palestras de empresários, de chefes de enfermagem e orientação religiosa não obrigatória. Depois do período de curso, os adolescentes são encaminhados às empresas e trabalham nelas como estagiários recebendo um salário. 
De acordo com a direção do CAMP, muitas vezes a empresa paga além de um salário mínimo ao estagiário, pois é muito comum os adolescentes receberem também passes de ônibus, ticket’s, e até, auxílio à cesta básica.
Mais de 100 adolescentes da turma do primeiro semestre irão se formar em agosto e no mesmo mês já dará início a uma nova turma, sendo que o atendimento poderá abranger um número maior do que vinha ocorrendo na antiga sede, já que o novo espaço permite que o acolhimento em várias salas. Segundo dados da associação, em um ano de estágio os recrutados passam a trabalhar de carteira assinada.
Várias instituições de Teresópolis estão nos cadastros do CAMP e oferecem oportunidade aos adolescentes do programa.

Programa Jovem Aprendiz
Segundo Rucker, hoje o CAMP conta com todos os registros junto ao Ministério do Trabalho e do Emprego e tem base legal dentro do Programa Jovem Aprendiz, na Lei da Aprendizagem. São quatro meses de curso preparatório onde recebem orientações sobre ética, civismo, noções de administração e qualidade, comunicação, atendimento ao cliente, arquivo, escritório, saúde e reforço em matemática e português.

Contato com o CAMP
Quem quiser obter mais informações sobre o trabalho do CAMP, seja para saber como se candidatar a uma vaga, como também empresas que se interessarem em apoiar a instituição podem entrar em contato pelos telefones 2644-5333 ou 2742-2760. O novo endereço é Rua Gonçalo de Castro, 342, Alto, no Centro Social e Pastoral Santo Antônio, ao lado da Paróquia de Santo Antônio.

 

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Três bombeiros morrem e um é ferido no combate a incêndio no Rio

Filhotes do Corpo de Bombeiros iniciam treinamento

Funcionários públicos que atendem à população deverão usar crachá

Bolsonaro diz que 13º do Bolsa Família estará na LOA a partir de 2020

HSJ e Coren oferecem palestra gratuita para profissionais de enfermagem

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ