ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Brasil terá hoje jogo decisivo e pode enfrentar a Alemanha nas oitavas

Data: 27/06/2018

Lucas Figueiredo/CBF

Marcelo Brandão - Repórter da Agência Brasil  Brasília

 
Um a um, os grupos da Copa do Mundo vão se definindo. Esta semana, oito seleções já garantiram a permanência no Mundial e oito voltaram para casa.

Com os grupos A, B, C e D definidos, chegou a hora de os grupos E, o do Brasil, e F, da Alemanha. Nenhuma das duas seleções está garantida nas oitavas de final e há grande chance de que se encontrem na próxima fase, caso se classifiquem.

O Brasil joga às 15h de hoje (27) contra a Sérvia. Um empate já garante a classificação, ainda que em segundo lugar. Brasil e Suíça lideram o grupo, com 4 pontos cada. Para os sérvios, só a vitória interessa.

Os times do grupo do Brasil jogarão às 15h já sabendo quem será o primeiro e o segundo colocados do grupo F e como serão os cruzamentos das oitavas, caso passem.

O primeiro colocado de um grupo enfrenta o segundo de outro. Assim, o Brasil e a Alemanha, confirmando suas classificações, só não se enfrentam se ambos passarem em primeiro ou em segundo em seus grupos.

Alemanha x Coreia do Sul – 11h - Kazan

México x Suécia – 11h - Ecaterimburgo

Este é o grupo das calculadoras. Todos os times farão contas para saber o que precisam para continuar na Copa. A situação é tão incomum que até a Coreia do Sul, que perdeu os dois jogos até agora, ainda pode se classificar. Mas a situação dos coreanos é mais improvável. Precisam vencer a Alemanha por um placar simples e torcer para o México vencer a Suécia por dois gols de diferença.

O México, a sensação do grupo até agora com duas vitórias, pode ficar fora. Se a Alemanha vencer seu jogo e a Suécia derrotar os mexicanos, os três times terminarão a primeira fase com o mesmo número de pontos e os critérios de desempate resolverão o impasse.

O México entra na rodada com um saldo de gols (cálculo de gols feitos menos gols sofridos) de +2, enquanto Alemanha e Suécia estão com saldo zero. O saldo de gols é o primeiro critério de desempate.

Os alemães, que voltaram à vida no grupo após o gol no último lance contra a Suécia, precisam vencer o jogo contra o adversário mais vulnerável do grupo. A Alemanha ainda não mostrou a consistência do time que ganhou a Copa de 2014 no Brasil, mas é franca favorita para vencer o jogo e seguir no Mundial.

 

Brasil x Sérvia – 15h - Moscou

Suíça x Costa Rica – 15h - Nizhny Novgorod

Hoje é dia de Brasil em campo. E se o jogo contra a Costa Rica não foi fácil, a última partida da primeira fase promete ser dura.

O técnico Tite já confirmou que repetirá o time que começou a partida contra a Costa Rica. O Brasil deverá ter uma atenção especial com o jogo aéreo do adversário. Os atacantes sérvios são mais altos que a defesa brasileira.

“É verdade que a Sérvia é forte no jogo aéreo, mas eles também têm qualidades individuais. Temos condições de tentar neutralizar esses cruzamentos”, disse o treinador brasileiro.

Apesar de precisar mais da vitória do que o Brasil, o discurso da Sérvia é de respeito à Seleção Brasileira. A tendência é de que joguem a responsabilidade de atacar para o Brasil, fechando espaços e apostando em bolas paradas, como a Suíça fez.

O capitão do time sérvio, Aleksandar Kolarov, disse, em entrevista, que acredita na vitória. Os sérvios tiveram que responder a perguntas do tipo “é possível vencer o Brasil?”. As respostas foram sempre na mesma linha: o Brasil não é imbatível.

“Será um jogo difícil contra o Brasil, mas é a força mental que decidirá. Se formos ao jogo acreditando que podemos vencer, então poderemos”, disse Kolarov. Ele ressaltou, no entanto, que uma vitória passa por mais do que pelo pensamento positivo. “É fácil dizer 'vou vencer', mas o que você está pronto para fazer para vencer – isso é o que importa”.

Assim como o Brasil, a Suíça precisa de um empate contra a já eliminada Costa Rica para se classificar. Os suíços até podem se classificar com uma derrota, desde que a Sérvia perca seu jogo. Mas a expectativa é de que o time suíço tente o gol desde o começo da partida, já que mostrou força ofensiva para isso no jogo contra os sérvios.

Brasil x Sérvia

Quando a Seleção Brasileira pisar no gramado do Spartak Stadium para a disputa da classificação para as Oitavas de Final da Copa do Mundo Rússia 2018, nesta quarta-feira (27), vai começar a escrever uma história contra a Sérvia em Mundiais. Esta vai ser a primeira vez que os dois times se enfrentam na competição mais importante do planeta. O técnico da Seleção, Tite, já definiu quem começa a partida decisiva. Será a mesma equipe que foi titular contra a Costa Rica: Alisson, Fágner, Miranda, Thiago Silva e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Philippe Coutinho; Willian, Neymar e Gabriel Jesus. O zagueiro Miranda será o capitão da vez.

– Fico feliz em mais uma vez representar todo o grupo de capitães, todo o grupo da seleção brasileira. Se eu chegar à final e ganhar, posso ser capitão ou não, minha felicidade vai ser imensa, sendo ou não capitão – disse Miranda. 

O Brasil só enfrentou a Sérvia uma única vez. Foi em 2014, durante a preparação para a Copa do Mundo. A equipe brasileira venceu por 1 a 0, com gols do atacante Fred. Naquela ocasião, quatro atletas titulares de Tite amanhã estavam em campo: Thiago Silva, Marcelo, Paulinho e Neymar. A equipe atual da Sérvia, que herdou o histórico da antiga Iugoslávia, é praticamente a mesma de 2014. E o estilo de jogo da equipe, que tem uma vitória e uma derrota nesta Copa, é pautado na força física dos jogadores e no uso das bolas aéreas. Como explicou o zagueiro brasileiro Thiago Siva no último treino do Brasil em Sochi:

– É uma equipe muito forte fisicamente, com média de altura de 1,88. Eles vão jogar muito com a bola parada. Temos que estar muito ligado nessa jogada, principalmente na segunda bola para a gente não ser surpreendido, pois a primeira é sempre difícil por conta da disputa – disse. 

O técnico Tite e sua comissão técnica trabalham para neutralizar esse tipo de jogada desde o início da preparação para o Mundial, ainda na Granja Comary. O amistoso preparatório contra a Croácia foi um teste para simular o estilo de jogo apresentado pelo sérvios. Durante a coletiva realizada em Moscou nesta terça-feira (26), Tite também destacou a qualidade individual dos jogadores da Sérvia: 

– (A Sérvia) tem a característica, sim, de bola aérea ofensiva, mas também a qualidade técnica individual. Jogadores de alto nível também. Temos a condição de poder neutralizar, evitar situações próximas, de faltas laterais, encurtar ou bloquear, e tirar proveito de alguma situação. Uma altura maior vai perder alguma coisa, a vida é assim. Estrategicamente vamos buscar. A equipe é a mesma – disse o treinador.

A Seleção Brasileira é líder do Grupo E, com quatro pontos. Em caso de vitória, a equipe brasileira se classifica como primeiro do bloco. O empate também garante o Brasil nas Oitavas. No outro jogo decisivo do grupo, jogam Suíça e Costa Rica. Os Suíços têm a mesma pontuação que a equipe Canarinho. Se a Costa Rica, já eliminada, vencer este duelo, a Seleção se classifica em primeiro do grupo mesmo com um empate contra os sérvios.

Histórico recente da Sérvia em Copas do Mundo (Histórico da Iugoslávia foi herdado pela Sérvia  - FIFA):

Melhores campanhas:
4º Lugar (1962)
Semifinal (1930)
1998 – Última disputa como Iugoslávia (Oitavas)
2006 – disputou a Copa como Sérvia e Montenegro (Fase de Grupos)
2010 – A primeira Copa como Sérvia (Fase de Grupos)
2014 – Não participou
2018 – Primeira vitória em Copas como Sérvia independente – Sérvia 1 x 0 Costa Rica
 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Rio suspende vacinação de profissionais de educação e segurança

Programa de redução de salários preserva mais de 500 mil empregos

Covid-19: Brasil tem mais de 15 milhões de casos acumulados

Estudo mostra que máscaras de algodão têm eficiência de 20% a 60%

Teresópolis imuniza pessoas com Síndrome de Down, grávidas e mulheres que tiveram bebê recentemente, após 45 dias do parto

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy