ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Bolsonaro se manifesta em rede social após liberação do vídeo

Data: 22/05/2020

Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Pedro Rafael Vilela - Repórter da Agência Brasil - Brasília

Após o Supremo Tribunal Federal liberar a gravação da reunião ministerial realizada há um mês, no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro fez uma publicação no Facebook para reafirmar que não há, no vídeo, indício de interferência na Polícia Federal.

"Reunião Ministerial de 22 de abril. Mais uma farsa desmontada; nenhum indício de interferência na Polícia Federal; João 8, 32 – 'Conhecereis a verdade e verdade vos libertará'", escreveu.

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu hoje (22) retirar o sigilo parcial da gravação audiovisual da reunião ministerial realizada no dia 22 de abril. O ministro é relator do inquérito sobre a suposta interferência política do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal (PF). A reunião foi citada pelo ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro durante depoimento prestado à PF, no início do mês, como suposta prova da interferência. 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Atlético-GO supera Flamengo, que continua sem pontuar no Brasileiro

COPBEA resgata cachorro e gato abandonados

Fila gigantesca à espera de atendimento na Caixa ocupa calçada do Parque Regadas

PM apreendeu 50 quilos de maconha e 42 de cocaína no primeiro semestre

Médico de Teresópolis integra comitiva de ajuda humanitária no Líbano

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy