ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Baleado no Rosário morre no Hospital das Clínicas

Data: 13/09/2019

Até o fechamento desta edição, não havia informações sobre a autoria dos disparos que tiraram a vida de Maicon Andrade, de 37 anos - Reprodução

Maicon de Oliveira Andrade, 37, morreu no CTI do Hospital das Clínicas Costantatino Ottaviano (HCTCO) na madrugada desta sexta-feira (13). Ele havia dado entrada na unidade hospitalar no final da noite do dia anterior, após ser baleado pelo menos três vezes na comunidade do Rosário, uma das divisões do populoso bairro de São Pedro. Maicon foi socorrido no local do crime pelo Corpo de Bombeiros, acionados por populares. Ele deixa um filho pequeno. Até o fechamento desta edição, não havia informações sobre a autoria dos disparos que tiraram a vida de mais uma pessoa em Teresópolis. Foi o terceiro assassinato brutal registrado no município em apenas uma semana.
Na tarde do último domingo, Solange Mendes de Oliveira, 54, foi morta com golpes de canivete na Granja Florestal. Seu corpo foi encontrado em uma área de mata, sem roupa, e o apontado autor do crime seria seu companheiro há cerca de um ano, um homem de 29 anos que foi preso em flagrante logo após o crime por equipe do DPO São Pedro. Ele estava na casa de uma irmã e entregou aos policiais uma arma que teria utilizado no crime. O repórter José Carlos “Cacau” registrou a prisão e um depoimento do rapaz.  "Ela me traiu, aí falei para ela ir embora. Ela foi e voltou, derrubou meu fogão. Ela me agrediu primeiro. Nessa que me agrediu parti para cima também", relatou, parecendo estar bastante alterado. Ele teria usado entorpecentes após o crime.
No sábado, um morador da Rua Sete de Setembro, na Quinta-Lebrão, encontrou um veículo fechando a passagem de sua residência. Ao bater na janela do lado do motorista do VW Gol de cor cinza, para pedir que o motorista saísse, percebeu que algo estava errado: com marcas de agressão, o homem estava desacordado. Polícia Militar e Corpo de Bombeiros foram acionados, constatando que Antônio Carlos Batista, de 55 anos, mais conhecido como “Carlinhos”, estava morto.  A Polícia Reservada do 30º BPM (P2) e o Setor de Homicídios da 110ª Delegacia de Polícia iniciaram as investigações imediatamente e apontaram como autor um rapaz de 27 anos, que seria morador de rua. Ele teria se envolvido em briga com “Carlinhos” e o agredido com chutes e socos na cabeça e barriga, causando a sua morte. O suspeito teve a prisão preventiva decretada. Quem tiver informações sobre o paradeiro do rapaz pode entrar com contato com o telefone 21 97282-2465. Podem ser feitas denúncias pelo WhatsApp e a identificação do informante será mantida em sigilo. A PM também disponibiliza canais para recebimento de informações: 190, 2742-7755 e 99817-7508.


 

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Governo do Estado decide nesta segunda-feira tempo de prorrogação do isolamento social

Covid-19: Federação atesta 1ª morte de jogador de futebol na Bolívia

Promoção pessoal no combate ao coronavírus

Número de casos do novo coronavírus no Brasil ultrapassa 510 mil

Boletim Coronavírus (31/05): 5.344 óbitos e 53.388 casos confirmados no Estado do Rio

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy