ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Aumenta procura por cirurgias plásticas em Teresópolis

Data: 04/07/2019

De acordo com o cirurgião Philip Yin Vieira Borges, que esteve nos estúdios da Diário TV nesta semana, apesar das operações reparadoras ainda serem as mais comuns no país, a busca pela beleza é o que mais motiva os brasileiros a procurarem um cirurgião plástico

Anderson Duarte

As mulheres brasileiras são as mais belas do mundo e toda essa beleza acaba sendo almejada por quase todos que querem mudar a sua aparência. Esse contexto é ilustrado no ranking mundial de cirurgias plásticas, onde o Brasil ocupa a segunda posição e se consolida como referência quando o assunto é oferta de profissional especializado, assim o Brasil tem sido muito procurado por estrangeiros para a realização de intervenções. Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, entidade com mais de setenta anos de história, são mais de um milhão e trezentas mil operações realizadas por ano, ficando atrás somente dos Estados Unidos. De acordo com o cirurgião Philip Yin Vieira Borges, que esteve nos estúdios da Diário TV nesta semana, apesar das operações reparadoras ainda serem as mais comuns no país, a busca pela beleza é o que mais motiva os brasileiros a procurarem um cirurgião plástico. O médico explicou que além da escolha por um profissional capacitado, o local onde o procedimento será realizado também deve ser fator preponderante na tomada de decisão. Em Teresópolis, o Hospital São José já oferece uma variada gama de procedimentos se tornou referência na área em nossa região.
Em Teresópolis, o Hospital São José, onde Dr. Philip atende, já é uma das maiores referências qualitativas da área, com mais de vinte especialidades sendo ofertadas hoje aos pacientes. No aspecto corporal de uma forma geral, o hospital oferece: Abdominoplastia; Lipoaspiração; Mamoplastia; Prótese de Mama; Lifting de Coxas; Lifting de Braços e a Prótese de Glúteo. Já na muito procurada região da face são: Blefaroplastia (Pálpebras); Otoplastia (Orelhas); Rinoplastia (Nariz); Mentoplastia (Queixo); Bichectomia (Bochechas); Cervicoplastia (Pescoço); Frontoplastia (Testa) e o Lifting Facial (Rosto). Com relação aos procedimentos mais ordinários, chamados de consultório, são: Botox; Preenchimentos; Fios de Sustentação; Bioestimuladores; Remoção de lesões de pele e Correção de cicatrizes. Isso em uma das melhores instalações médicas do estado, com preocupação com o atendimento humanizado e especializado em diversas especialidades. Dr. Philip conversou conosco sobre a grande polêmica a respeito das reproduções de rostos e fisionomias de famosos ou celebridades.
“Existem casos possíveis de alcançar uma semelhança notável, mas é impossível recriar a imagem de outra pessoa, isso não é uma possibilidade. Nosso dever é de esculpir a beleza dos corpos, mas não de replicar identidades. As vezes precisamos conversar com a paciente e explicar que certa quantidade desejada em um implante de mama não vai atuar harmonicamente no seu corpo, ou que ao invés de aumentar ainda mais o seio, talvez fosse mais indicado uma redução. É claro que as vontades chegam pré concebidas, mas é preciso entender o que é ou não válido para o bem estar daquela pessoa. O contexto dela também pesa muito”, explica o médico que ainda acrescenta que a prova de que os pedidos de intervenções estão em harmonia com aquilo que o contexto das pessoas pede, está em pesquisa do Journal of the American Medical Association publicada recentemente que demonstra mais de 50% das cirurgias plásticas no nariz sendo feitas em razão das melhores selfies mundo afora, ou seja, muitos pacientes querem modificar a aparência com o objetivo de sentir-se melhor perante as redes sociais”, explica.
Ainda segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, uma nova realidade que os cirurgiões vivenciam no dia-a-dia nos consultórios é a maior procura entre os homens e uma das condições que eleva essa busca pelos procedimentos estéticos é a cirurgia bariátrica, outro procedimento em ascensão entre os brasileiros. O número deste tipo de cirurgia aumentou 47% nos últimos anos, segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica. “A beleza da mulher brasileira é universalmente conhecida e muitos profissionais brasileiros, como eu, tem pacientes que veem de outros países para buscar um pouco dessa beleza toda por aqui. Nosso trabalho também é tido como referência nas especializações da cirurgia e também com novidades técnicas e especificas. Mas nem tudo são flores, claro, temos infelizmente os casos de abusos, de desrespeito com o corpo e os perigosos exercícios ilegais da atividade médica”, alerta Philip. Outro problema apontado pelo médico são as pessoas, que muitas vezes no afã de fazerem cirurgias plásticas com as quais, muitas vezes, sonharam a vida inteira, acabam caindo nas mãos de empresas e profissionais que não estão gabaritados para a realização deste serviço.
“Apesar de não se exigir obrigatoriamente essa relação do profissional médico com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, saber que o seu médico está nos quadros da Sociedade é um elemento de validação importante, sem contar o fato de conhecer bem a qualificação deste médico se faz extremamente importante. Em muitos casos, além de expostos ao risco de morte, ao passar por procedimentos feitos por médicos que não são cirurgiões plásticos, os pacientes podem ficar com sequelas graves e até permanentes”, alerta Dr. Philip. Para saber se o médico tem título de especialista, a pessoa pode recorrer ao site da SBCP e fazer a consulta pelo nome do cirurgião. Pesquisas recentes mostram que 97% dos processos motivados por cirurgias plásticas foram abertos contra médicos sem o título de especialista, sendo que 48% dos processados não tinham sequer um título de especialidade médica.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Teresópolis vacina contra Covid-19 homens e mulheres de 59 anos completos com comorbidades

Programa dá apoio a jovens para abrir ou aprimorar negócios próprios

Prazo para trocar cartões do Riocard termina no dia 14

Teresópolis vai criar o programa "Agricultor Legal"

Ministério da Saúde receberá 8,2 milhões de doses de vacina até sexta

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy