ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Audiências sobre impeachment de Trump têm início nos Estados Unidos

Data: 14/11/2019

JIM BOURG

NHK (emissora pública de televisão do Japão)  Washington

Um diplomata americano do alto escalão, lotado na Ucrânia, deu a entender que acredita que o presidente Donald Trump tenha pedido ao governo ucraniano que investigasse a firma vinculada ao filho do ex-vice-presidente dos EUA, Joe Biden.

William Taylor falou ontem (13) durante a primeira audiência pública do comitê investigativo da Câmara dos Representantes, liderada pelos Democratas, sobre o possível impeachment contra o presidente americano.

Trump teria supostamente pedido por uma investigação sobre Biden durante um telefonema com o presidente ucraniano Volodymyr Zelenskiy, em julho. Biden é o adversário que lidera a campanha do partido Democrata para a eleição presidencial de 2020.

Taylor disse que tomou ciência de que a condição para a promoção de uma reunião e a retomada de ajuda militar solicitada pelo presidente ucraniano seria a realização de uma investigação sobre a Burisma, uma companhia de gás na qual o filho de Biden era executivo.

Taylor indicou que o lado americano teria pedido ao governo ucraniano para anunciar publicamente o lançamento de uma investigação. E acrescentou que o advogado pessoal de Trump, Rudy Giuliani, entrou em contato com o governo da Ucrânia por meio de canais diplomáticos irregulares.

George Kent, o vice-secretário de Estado Assistente para Relações com a Europa e a Eurásia, também deu depôs durante a audiência. Ele disse que o trabalho de Giuliani em forçar investigações com motivações políticas afetou o envolvimento dos Estados Unidos com a Ucrânia.

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Turismo Cervejeiro atrai visitantes e fomenta a economia local

Projeto quer quebrar exclusividade das concessionárias de gás canalizado no estado

MP recomenda a demolição de casas construídas irregularmente

Parque Montanhas terá evento para marcar início da Primavera

Exposição prolongada ao sol segue como a principal causa dos cânceres de pele

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy