ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Alunos do CFAP treinam em simulador de tomada de decisão

Data: 01/07/2019

No espaço virtual o policial militar participa de diversas ocorrências onde são avaliados aspectos como a comunicação verbal, os protocolos de atuação, o trabalho em equipe, o uso dos armamentos letais e não letais e a capacidade de tomada de decisão - Imprensa/RJ

Um simulador de tomada de decisão está sendo usado para aprimorar a atuação dos alunos do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), em Sulacap. Com a ferramenta, é possível treinar os futuros policiais militares a agirem com rapidez em situações de estresse intenso. De acordo com o comandante do CFAP, coronel Marcelo Teixeira, a primeira turma de 406 PMs, oriundos do concurso público de 2014, já terá este treinamento no currículo. A previsão é que o grupo de alunos conclua o curso de formação ainda no primeiro semestre deste ano. - Neste espaço virtual, o policial militar participa de diversas ocorrências onde são avaliados aspectos como a comunicação verbal, os protocolos de atuação, o trabalho em equipe, o uso dos armamentos letais e não letais e a capacidade de tomada de decisão. O PM precisa estar preparado para decidir em fração de segundos – destacou.
Acompanhados de instrutores, os policiais, sempre em dupla, reagem a diversos cenários projetados em três grandes telões. O PM em treinamento precisa seguir determinados protocolos para garantir o sucesso da abordagem. Concentração e equilíbrio emocional estão entre os principais desafios encontrados na atividade, antes só realizada por policiais já formados.
Os próximos policiais militares formados também terão no currículo a disciplina Porte Velado. Nela, o aluno recebe capacitação para minimizar riscos quando não estiver em serviço. - O grande desafio do CFAP é formar policiais militares capazes de enfrentar os diversos tipos de situações, desde as abordagens de rotina, ainda que com públicos específicos como idosos, crianças e pessoas com deficiência até o atendimento de ocorrências mais complexas nas quais a tomada de decisão é primordial e pode significar o sacrifício da própria vida ou de terceiros – acrescentou o comandante.
O novo currículo do Curso de Formação de Soldados, cujo processo de atualização teve início em 2015 e foi concluído em 2016, contempla o aumento da carga horária de disciplinas como a de Direitos Humanos e a inclusão de novas como, por exemplo, Administração Institucional de Conflitos, tais mudanças visam a permanente adequação para o atendimento das demandas e desafios da profissão. 

 

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MP cumpre mandado de prisão por exploração ilegal de imóveis no Rio

Polícia apura se motorista também ingeriu drogas antes de acidente

Proibição de telemarketing de telefônicas começa nesta terça-feira

Master Terê faz bonito na abertura do segundo semestre de competições

Meia tonelada de eletrônicos deixa de ir para o lixo comum

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ