ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Alunos do CFAP treinam em simulador de tomada de decisão

Data: 01/07/2019

No espaço virtual o policial militar participa de diversas ocorrências onde são avaliados aspectos como a comunicação verbal, os protocolos de atuação, o trabalho em equipe, o uso dos armamentos letais e não letais e a capacidade de tomada de decisão - Imprensa/RJ

Um simulador de tomada de decisão está sendo usado para aprimorar a atuação dos alunos do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), em Sulacap. Com a ferramenta, é possível treinar os futuros policiais militares a agirem com rapidez em situações de estresse intenso. De acordo com o comandante do CFAP, coronel Marcelo Teixeira, a primeira turma de 406 PMs, oriundos do concurso público de 2014, já terá este treinamento no currículo. A previsão é que o grupo de alunos conclua o curso de formação ainda no primeiro semestre deste ano. - Neste espaço virtual, o policial militar participa de diversas ocorrências onde são avaliados aspectos como a comunicação verbal, os protocolos de atuação, o trabalho em equipe, o uso dos armamentos letais e não letais e a capacidade de tomada de decisão. O PM precisa estar preparado para decidir em fração de segundos – destacou.
Acompanhados de instrutores, os policiais, sempre em dupla, reagem a diversos cenários projetados em três grandes telões. O PM em treinamento precisa seguir determinados protocolos para garantir o sucesso da abordagem. Concentração e equilíbrio emocional estão entre os principais desafios encontrados na atividade, antes só realizada por policiais já formados.
Os próximos policiais militares formados também terão no currículo a disciplina Porte Velado. Nela, o aluno recebe capacitação para minimizar riscos quando não estiver em serviço. - O grande desafio do CFAP é formar policiais militares capazes de enfrentar os diversos tipos de situações, desde as abordagens de rotina, ainda que com públicos específicos como idosos, crianças e pessoas com deficiência até o atendimento de ocorrências mais complexas nas quais a tomada de decisão é primordial e pode significar o sacrifício da própria vida ou de terceiros – acrescentou o comandante.
O novo currículo do Curso de Formação de Soldados, cujo processo de atualização teve início em 2015 e foi concluído em 2016, contempla o aumento da carga horária de disciplinas como a de Direitos Humanos e a inclusão de novas como, por exemplo, Administração Institucional de Conflitos, tais mudanças visam a permanente adequação para o atendimento das demandas e desafios da profissão. 

 

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MEC divulga horário de provas do Enem em cada estado

Sarampo: Vacinação de menores de cinco anos segue até sexta-feira

Senado aprova texto-base da reforma da Previdência em segundo turno

Interferências no tráfego da BR-116 nas próximas semanas

Alerj aprova soltura de deputados presos na Lava Jato

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ