ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Aferição periódica dos taxímetros em novo local

Data: 20/07/2018

Serviço do Ipem será prestado em Teresópolis. Em anos anteriores, motoristas precisaram se dirigir para outros municípios

Na hora de utilizar qualquer serviço controlado por algum equipamento eletrônico , é necessário saber se ele está funcionando bem e se o preço final é que deve ser pago. Um desses é o taxímetro, utilizado nos veículos de transporte de passageiros em todo o país para marcar o valor que deve ser quitado ao final da corrida, constando ainda uma tarifa base inicial independente da distância a ser percorrida. Visando a prestação de um serviço justo para o consumidor, anualmente é realizada uma aferição obrigatória desses equipamentos. “Cada taxímetro tem que estar verificado pelo IPEM, órgão do estado, e por relojoeiros credenciados. É uma verificação periódica anual, sendo necessária também para caso de  permuta ou troca do veículo. Nos casos de mudança de tarifa, essa verificação é ainda maior, pois é preciso trocar a memória do equipamento. É por respeito à população que temos que verificar balanças, taxímetros, qualquer equipamento do tipo, é respeito ao consumidor”, relata Onofre Corrêa, Diretor Presidente do Sindicato dos Profissionais Autônomos de Táxi de Teresópolis. 
Em 2018, não somente os passageiros ganharão com a realização de tal fiscalização. Na etapa deste ano, os profissionais do volante não precisarão se dirigir a outros municípios para ficar em dia com a legislação vigente. Entre 30 de julho e 09 de agosto, das 9h às 16h, o serviço será prestado na Ciretran - Rua Josefa Jorge Copelo, 390, Araras.
“Já tivemos o Ipem em Teresópolis, mas por motivos políticos perdemos. Em outros anos, tivemos que buscar até outros municípios para tal serviço. Agora vamos fazer aqui mesmo ocupando o escritório da Ciretram e pista próximo da Casa de Cultura, onde não tem interferência de trânsito, para a análise de pista correta, justa, sem prejuízo a ninguém. É importante evitar que o taxista tenha que ir para outro município, o que já é um gasto, e, às vezes, quando tem defeito no taxímetro precisar voltar Teresópolis para ir ao relojoeiro e passar pelo procedimento novamente”, pontua Corrêa.
Os profissionais do volante deverão apresentar original e cópia dos seguintes documentos: Último certificado do IPEM/RJ, GRU paga com agendamento (O valor da GRU é de R$ 52,18), último CRLV, documento do GNV (ser for o caso), documento de identidade, comprovante de residência (caso tenha alteração). Além disso, todos os veículos deverão ser agendados pelo site www.servicos.rbmlq.gov.br/agendamento. Em caso de permuta ou transferência levar a documentação da Prefeitura e do relojoeiro. Caso o veículo não possa comparecer durante o período de aferição por qualquer motivo, o permissionário será autuado com direito de defesa no prazo de 10 dias da autuação. Quem aferiu o taxímetro em 2018 está livre desse procedimento. Para obter auxílio do Sindicato dos Profissionais Autônomos de Táxi basta entrar em contato com os telefones 99317-6353 (Mayara) e 99959-4252 (Luciano).

Novos pontos de táxi
Em entrevista ao jornal O DIÁRIO e DIÁRIO TV na última quinta-feira, Onofre Corrêa falou ainda da abertura de novos pontos de táxi no município, em especialmente em relação aos aguardados locais para a prestação de serviço em frente a supermercado que será inaugurado no bairro da Ermitage com o objetivo de atender, principalmente, os moradores do grande condomínio inaugurado cerca de um ano atrás para famílias vítimas da Tragédia de 2011. Ele lembra que, apesar do trâmite inicial para o início da prática do serviço, as mudanças políticas no município acabaram atrasando tudo.
“Quando era prefeito o Pedro Gil um empresário da localidade pediu que encaminhasse ofício pedindo novas vagas de táxi para lá. Foram cedidas três vagas e ele achou pouca. Aí pedimos para remanejar do interior, Bonsucesso, que tem 27 vagas, Pessegueiros que tem três pontos e Cruzeiro com dois, sendo que esses últimos os taxistas nem vão. Também pedimos que fosse feito por sorteio esse remanejamento de pessoal. Nessa mudança toda, não tive resposta. Agora, com a entrada do novo prefeito, Vinicius Claussen, estou aguardando uma vaga na agenda para discutir novamente isso. Importante destacar que quero que seja sorteio, para que um ou outro seja beneficiado. É preciso ser justo”, enfatizou.

 


 

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Polícia Civil prende integrantes de quadrilha de roubos de cargas

Faperj investe em evento com pesquisa, startups e empresas

Programa de reciclagem chega em mais 17 bairros de Teresópolis

Teresópolis busca apoio da Alerj para o turismo

Polícia Civil alerta para golpes cometidos contra servidores públicos

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy