ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Abertas inscrições para o Prêmio Sesc de Literatura

Data: 09/01/2019

Nesta quarta-feira (9) o Prêmio Sesc de Literatura abriu inscrições para a sua edição de 2019. A iniciativa é voltada para autores estreantes de romances ou contos inéditos. Os vencedores terão suas obras publicadas e distribuídas pela editora Record, com tiragem inicial de dois mil exemplares. Organizado pelo Serviço Social do Comércio (Sesc), o prêmio foi criado no início dos anos 2000 e se tornou conhecido no circuito literário por ser destinado exclusivamente a novos escritores, abrindo a eles as portas do mercado editorial.
As inscrições são gratuitas e poderão ser realizadas pela internet (http://www.sesc.com.br/portal/site/premiosesc) até o dia 14 de fevereiro. As obras são avaliadas pela sua qualidade para edição e circulação nacional. A escolha dos vencedores se dá por meio de um processo em que os avaliadores não têm condições de saber quem são os autores. Os livros inscritos são protegidos por pseudônimos. Na última edição, realizada em 2018, o vencedor na categoria Romance foi Entre as mãos, da carioca Juliana Leite, e na categoria Conto levou As Coisas, do gaúcho Tobias Carvalho.

O Prêmio
Lançado pelo Sesc em 2003, o concurso identifica escritores inéditos, cujas obras possuam qualidade literária para edição e circulação nacional. Além de inclui-los em programações literárias do Sesc, o Prêmio também abre uma porta do mercado editorial aos estreantes: os livros vencedores são publicados e distribuídos. Mais do que oferecer uma oportunidade aos novos escritores, o Prêmio Sesc de Literatura cumpre um importante papel na área cultural, proporcionando uma renovação no panorama literário brasileiro.
O concurso já teve mais de 12 mil livros inscritos e revelou 27 novos escritores. “Quando descobri que estava na listagem fiquei muito feliz. É o reconhecimento do trabalho. e isso só foi possível porque ganhei o Prêmio Sesc de Literatura, que funciona como um excelente divulgador dos autores de qualidade”, relata Alexandre Marques rodrigues, autor de Parafilias, um dos vencedores de 2014, sobre estar entre os finalistas do Prêmio Jabuti.

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Bolsonaro convida Temer para chefiar missão humanitária no Líbano

IBGE: 62,4% das empresas afetadas negativamente pela pandemia

Escolas de futebol enfrentam o desafio da retomada de atividades

Covid-19: Brasil registra 2.094.293 recuperados

Bebê abandonado em servidão já tem novos pais

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy