ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

TURISMO E ECOLOGIA

Aventura e beleza entre Teresópolis e Friburgo

De um lado, o Vale dos Frades. Conhecido pela cachoeira de mesmo nome, tem montanhas como o Morro dos Cabritos, Pedra do Índio e Dois Bicos. Do outro, Salinas. Local onde fica a sede do Parque Estadual dos Três Picos na região e as formações rochosas que dão nome a unidade de conservação ambiental. Um lugar fica em Nova Friburgo e o outro em Teresópolis.

MOCHILEIRO

Agulhinha do Beija-Flor, um pequeno e pouco conhecido cume

Quando se fala em agulha e Serra dos Órgãos, logo se vem à cabeça a , imponente formação rochosa que se eleva a 2.050 metros de altitude em relação ao nível do mar e cuja escalada foi considerada uma das 15 mais bonitas do mundo. Mas existem nessa região outras menos conhecidas, com a mesma nomenclatura inicial por conta da peculiaridade de seus formatos ou comportarem poucas pessoas em seus cumes. Uma delas é a Agulhinha do Beija-Flor, que leva esse nome por ficar no complexo de montanhas vizinhas ao rio homônimo.

MOCHILEIRO

CET mais uma vez no Bico Maior do Vale dos Frades

Um dos locais mais bonitos de Teresópolis, o Vale dos Frades é frequentemente utilizado como locação para produções de televisão ou cinema. Afinal de contas, é cercado por imponentes e bonitas montanhas, com um volumoso rio e suas cachoeiras correndo entre elas, um cenário que nada deve a cobiçadas regiões do exterior, como a Patagônia ou o Yosemite. E entre tantas formações rochosas, estão os Dois Bicos, também conhecidos como o ?Frade e a Freira? (Pela semelhança com as famosas montanhas do Espírito Santo).

QUINTA DA BARRA

Campismo, uma experiência diferente em Teresópolis

Área verde de 30.000m², aluguel de trailers, espaço para barracas e lazer para toda família com preço convidativo

MOCHILEIRO

Caminhada e banho de cachoeira na Estrada do Garrafão

Boas opções de lazer em antigo caminho no entorno do Parque Nacional da Serra dos Órgãos

TURISMO

Mapa de Trilhas de Teresópolis ganha segunda edição

Bonito guia, que teve apoio do CET, indica uma série de passeios na região

ECOLOGIA

Normas para criação amadora de pássaros são alteradas

A norma que criou medidas relacionadas às atividades dos criadores amadores de pássaros no estado (Lei 6.908/14) foi alterada. É o que determina a Lei 7.845/18, sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão e publicada no Diário Oficial do Executivo da última quinta-feira (11). O texto é de autoria dos deputados Luiz Paulo e Lucinha, ambos do PSDB, e André Ceciliano (PT). Com a mudança, os criadores amadores de pássaros poderão ter até 125 aves. Antes, eles podiam ter no máximo 100 animais. O texto ainda obriga que os criadores que tenham mais de 100 pássaros tenham autorização do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e laudo veterinário que ateste as condições dos animais.

TURISMO

Tapera, a montanha que divide Teresópolis e Petrópolis

Cume tem 1.746 metros de altitude, um verdadeiro mirante para admirar a nossa bonita região

TURISMO

Travessia Petrópolis x Teresópolis ganha sinalização

Placas indicam pontos de parada e distâncias a serem percorridas

TURISMO

Feirinha ganha posto de informação turística

Estudantes do curso de turismo da UERJ recepcionarão visitantes

TURISMO

Turismo em parques nacionais deve crescer 11% este ano

O número de visitantes em parques nacionais deve aumentar 11,5% neste ano. A estimativa é do instituto Euromonitor International, organização voltada para análises de mercado. A projeção é que, em 2018, 8,6 milhões de pessoas visitem as unidades de conservação. Se for concretizada, a estimativa vai mostrar um movimento de ampliação da visibilidade desse destino entre os turistas.

PEDALANDO NO INTERIOR

Santa Rita, mais uma boa opção para pedalar

?Na semana passada, destacamos aqui um ciclopasseio realizado pela turma do Centro Excursionista Teresopolitano na região de Prata dos Aredes, passando pelo Jacarandá. Na edição deste sábado, nosso destaque vai para outra área do município, agora no Segundo Distrito, muito procurada pela turma da pedalada. A localidade de Santa Rita é cercada por montanhas e estradas de terra batida, uma combinação perfeita para quem gosta de treinar distâncias mais longas e subidas e também uma boa opção apenas para passear em duas rodas nesse tipo de terreno. Aproveitando uma folguinha, foi esse meu destino na semana passada.

CAPITAL NACIONAL DA PEDALADA

Jacarandá x Prata dos Aredes em duas rodas

Teresópolis tem o título de Capital Nacional do Montanhismo, cujos motivos nem preciso relembrar aqui, mas bem que poderia se candidatar também a ser a "Capital Nacional da Pedalada" tamanha a quantidade de opções de passeios ou aventuras em duas rodas em nosso município. São muitas estradas terra, boas pistas de asfalto e trilhas que podem ser percorridas pelas bikes, além de locais onde é possível treinar para competições específicas, como o Vale da Lua, por exemplo.

MOCHILEIRO

Outubro Rosa no Seio da Mulher de Pedra

?Campanha de conscientização que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, o Outubro Rosa ganhou mais um aliado em Teresópolis: O CET. Principal clube de montanhismo do município, e único filiado à Federação de Esportes de Montanha do Estado do Rio de Janeiro (FEMERJ), o Centro Excursionista Teresopolitano realizou uma caminhada para marcar esse importante momento. E, além de se dispor a falar sobre o assunto para seus associados e replicar essas informações, o grupo escolheu um local que tem tudo a ver com tema, o Seio da Mulher de Pedra.

TERESÓPOLIS

Natureza no clima do Outubro Rosa em Teresópolis

O Outubro Rosa é uma campanha de conscientização que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. Em Teresópolis, diversos movimentos nesse sentido têm sido realizados nos últimos anos e, se depender da natureza, esse tema sempre terá ainda mais destaque no município. Nessa época do ano é comum encontrar em destaque a floração de espécies em tons de rosa, como os frondosos Bougainvilles ou ainda os gigantes Jacarandás, que suas flores lilás também entram no clima característico. Nesta sexta-feira, saímos a campo com a Bióloga Hayssa Dumard para registrar alguns dos exemplares dessas espécies.



Páginas: 1 2 3 4 5





        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ