Visite nossas redes sociais:

edição digital

leia

Serra dos Órgãos, beleza vista de toda a cidade

Data: 04/07/2017

Vista do alto do Recanto dos Artistas: Crescimento na área urbana, tendo a Serra dos Órgãos como cenário de fundo - Foto: Marcello Medeiros

O Dedo de Deus “pertence” a quem? A discussão sobre a localização da montanha mais famosa do Brasil, se em Guapimirim ou Teresópolis, vem de longa data e parece não ter fim. Está na região do município vizinho, mas, para acessá-la, os escaladores geralmente passam pela nossa cidade – onde, além disso, se tem uma da melhores vistas para a formação rochosa que encanta gente de todo o mundo. E é justamente isso, os locais de onde se consegue admirar não só o Dedo de Deus, mas toda a Serra dos Órgãos, o tema da coluna desta semana. Você já percebeu que praticamente de todos os bairros de Teresópolis é possível ver pelo menos um pedacinho dessa fantástica cadeia de montanhas? Mesmo muito longe, no Terceiro Distrito, os picos mais famosos da Serra são vistos, como já mostramos aqui em outras oportunidades. Ah, ainda falando em Dedo de Deus, importante frisar que saíram de Teresópolis os seus desbravadores, em abril de 1912, o que fortalece ainda mais a identificação do nosso município com a montanha. Não à toa que é nosso, e não de Guapi, por essa e outras, o título de Capital Nacional do Montanhismo. 

As mais bonitas do mundo
Quando se fala em um lugar para admirar essas belezas, o primeiro que se vem a mente é o bairro do Alto Soberbo. Ficam bem de frente o Escalavrado, Dedo de Nossa Senhora, Dedo de Deus e Cabeça de Peixe, além do Santo Antônio Mirim. Perto dali, seguindo pela estrada Rio-Bahia, essas e outras montanhas parecem uma pintura divina. Quem vem de Além Paraíba sentido Rio de Janeiro tem que tomar cuidado para não ter a atenção desviada na hora que estiver dirigindo: A vista é linda e, inclusive, já foi utilizada em algumas propagandas de automóveis. No trecho entre Vale da Revolta e Soberbo, fica em evidência uma montanha pouquíssimo conhecida e visitada – devido ao acesso difícil e por se tratar de uma área intangível no PARNASO, a Três Marias. Fica no lado direito da Cabeça de Peixe e lembra uma “mãozinha”.
Da parte alta do bairro do Meudom, próximo à entrada da Floresta do Jacarandá, hoje área do Parque Estadual dos Três Picos, diferente ângulo do Garrafão e Agulha do Diabo, duas das formações mais bonitas e imponentes da Serra dos Órgãos e que, assim como o Dedo de Deus, são cobiçadas por escaladores de todo canto. A Agulha, inclusive, já foi escolhida por uma revista americana como uma das 15 escaladas mais bonitas do mundo.

O populoso e o pouco popular
O bairro de São Pedro é o mais populoso do nosso município. E onde tanta gente mora é possível ver as formações da Serra dos Órgãos de diferentes ângulos, visto que São Pedro tem suas várias “divisões”, como Perpétuo, Rosário, Granja Primor e Recanto dos Artistas. Todas principais formações, do Escalavrado ao Papudo, são vistas. De alguns locais, a preservada região de montanha contrasta com o grande número de residências divididas em tão pouco espaço. Vizinha ao Morro do Tiro e Recanto dos Artistas, a Fazendinha é um dos melhores locais para admirar e fotografar a Serra. Porém, a instalação de antenas de televisão e outras construções obstrui a vista de que sobe na pequena torre.

De cima, o melhor
Dos populares “morros”, os bairros mais altos da cidade, temos excelentes ângulos dessa cadeia e também das outras unidades de conservação que cercam Teresópolis, o Parque Estadual dos Três Picos e o Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis. Da Muqui, por exemplo, avista-se a partir do Dedo de Nossa Senhora às montanhas que já estão em Petrópolis... Seguindo olhando para a direita, o PNMMT e o PETP. Do Recanto dos Artistas, a avenida principal do município tem ao fundo as formações do PARNASO. Vale a pena acessar a parte mais alta desse bairro, através do Cemitério Municipal Carlinda Berlim, onde se vê o crescimento da área urbana, cercada pelas belezas naturais. Quem mora no Morro dos Pinheiros, vê a famosa cadeia de “qualquer canto da casa”.

Segundo e Terceiro Distritos
Até das localidades de interior do município é possível ver e fotografar a Serra dos Órgãos. Do Terceiro Distrito, mesmo longe o Dedo de Deus chama atenção. Recentemente, mostrei aqui alguns ângulos diferentes, do Vale Alpino e de Bonsucesso. No Segundo Distrito, do cume da Pedra de Santa Rita avistam-se as montanhas mais altas, da Verruga do Frade em diante, só para citar.

Na cidade, quase se esconde
Apesar de ser o cartão postal do município, cada vez se vê menos as nossas lindas montanhas da Várzea. Prédios cada vez maiores, postes cada vez maiores... Essa nova iluminação da Reta contribui para a poluição visual e atrapalha o turista que, por exemplo, queira fotografar a Serra dos Órgãos quando estiver passeando pelo Centro. Da ponte da Calçada da Fama, somente o Dedo de Deus pode ser visto por entre as enormes construções. Por enquanto, pois, do jeito que a coisa vai, daqui a pouco só teremos prédios e mais prédios diante de nossos olhos quando olharmos em direção ao bairro do Alto. Então, aproveite para admirar e fotografar o que temos de melhor. E, por que não, trabalhar por uma cidade que valorize mais as belezas naturais?

 






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Estudantes projetam um futuro melhor para Teresópolis

Vereadores apontam caos na UPA e pedem intervenção da Justiça

Prefeito quita educação e contratados, mas libera apenas R$ 800 para servidores

Suspensa vistoria veicular sem pagamento do IPVA

Corpo encontrado seria de jovem desaparecida

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ