Visite nossas redes sociais:

edição digital

leia

Polícia acaba com festa

Data: 08/05/2018

Arma, munições, explosivos e entorpecentes em

Marcello Medeiros

Já há algum tempo a Polícia Militar, em parceria com Vara da Infância e Juventude, Conselho Tutelar, Guarda Civil Municipal e Fiscalização de Posturas da Prefeitura, têm agido para fiscalizar a realização de eventos “regados a drogas” – lícitas e ilícitas - que estariam sendo realizados em sítios ou propriedades com grandes áreas em bairros mais afastados do Centro. No domingo, com a informação que mais um evento do tipo estaria programado para uma residência no bairro da Posse, as equipes foram reunidas e partiram para a ação que teve resultado bastante positivo. Foram aprendidos: Um tablete de Cannabis sativa, popularmente conhecida como maconha, um triturador para tal entorpecente, dois envelopes de “seda” utilizados para embalar a mesma erva, além de artefatos explosivos, 12 munições para calibre 38 e um revólver da marca Rossi.
O suposto proprietário do local teria assumido a responsabilidade de todos os materiais apreendidos e foi preso em flagrante, sendo encaminhado para a 110ª Delegacia de Polícia. Também de acordo com o que foi divulgado pela PM nesta segunda-feira, havia bastante bebida alcóolica em um ambiente com a presença de muitos menores. Tanto que 25 adolescentes foram conduzidos pela equipe da Vara da Infância e Juventude, ficando apreendidos até a chegada de pais ou responsáveis legais. Os ingressos para tal evento foram comercializados vias redes sociais e entre as atrações estavam cantores de funk.

Bagunça em via pública
Operações do tipo também têm sido realizadas em locais com grande concentração de jovens – e muitas vezes problemas – também em bairros como Centro e Alto. Dois grandes exemplos foram os tumultos registrados em posto de gasolina na Várzea e na Rua Gonçalo de Castro, no bairro do Alto, no segundo semestre do ano passado. Nas proximidades da Igreja de Santo Antônio foi registrada violenta agressão de um motorista que tentou atravessar a via tomada pelos adolescentes. Participaram da operação no último domingo as seguintes equipes do 30º BPM: Supervisão de Oficial, Supervisão de Graduado, PATAMO, Polícia Reservada (P2) e DPO Ermitage. Denúncias anônimas podem ser passadas para os telefones 190, 2742-7755 e 99817-7508 (WhatsApp).

 

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Governo anuncia suspensão de protestos dos caminhoneiros por 15 dias

TCE confirma parecer, e câmara pode julgar contas de Tricano

Greve dos caminhoneiros afeta transporte coletivo no Estado

Temer reúne ministros para discutir greve dos caminhoneiros

A necessidade da comunicação em Libras

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ