Visite nossas redes sociais:

edição digital

leia

Novos guardas começam a trabalhar nos parques estaduais

Data: 17/08/2017

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) realizou a cerimônia de formatura de 45 novos guarda-parques, que começaram a atuar em unidades de conservação estaduais nesta quarta-feira (16). Os novos profissionais foram selecionados para trabalhar em parques como o dos Três Picos, que abrange o nosso município, o  de Ilha Grande, no Sul Fluminense, da Pedra Branca, na Zona Oeste do Rio, da Serra da Tiririca, que abrange partes dos municípios de Niterói e Maricá, dentre outras unidades de conservação.
Os guarda-parques são profissionais capacitados para atuar diretamente nas unidades de conservação de proteção integral estaduais e suas respectivas zonas de amortecimento. Têm como atribuições, além de receber e orientar visitantes, prevenir e combater incêndios florestais; realizar ações de busca e salvamento; apoiar atividades de educação e interpretação ambiental, de pesquisa científica e, ainda, desempenhar ações de caráter socioambiental junto às comunidades do entorno das unidades de conservação.
“O Inea não está medindo esforços para viabilizar esse importante serviço para a sociedade. Nossos guarda-parques formam um time de heróis do ambiente, e representam o que temos de mais próximo das riquezas naturais do nosso Estado. Cuidam diretamente da nossa flora e da fauna, ao mesmo tempo aproximam os cidadãos nossas Unidades de Conservação. É com muito orgulho que entregamos esses diplomas neste momento, e pretendemos aumentar essa tropa de heróis ainda nessa gestão”, declarou o presidente do Inea, Marcus Lima.
O diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas (Dibape), Paulo Schiavo, também ressaltou a importância dos profissionais para o meio ambiente. “É muito legal viver esse momento. A gente olha no olho de cada um que está aqui e vê a esperança, porque as administrações passam, mas a obrigação de cada um de proteger o ambiente natural do Rio de Janeiro continua eternamente. Essas sementes que plantamos têm que virar árvores boas para que cada cidadão do nosso Estado saiba que cada hectare de floresta vale muito mais do que se pensa, vale uma vida. E vocês, que agora se formam guarda-parques, se tornaram defensores da vida”, afirmou.
O gerente de Guarda-Parques do Inea, Marco Aurélio Paes, lembrou do início de tudo. “Esse projeto iniciou em 1999. A semente plantada 18 anos atrás está sendo colhida hoje. Vocês passaram por seis semanas árduas de curso. Sei que não foi fácil. Mas agora, as unidades de conservação esperam por vocês de braços abertos. Agradeço a cada um de vocês por ter acreditado no nosso projeto”, declarou.
Após participar de um processo seletivo, os novos guarda-parques fizeram um curso de capacitação com carga horária de 232 horas onde foram abordados os temas legislação ambiental, combate a incêndios florestais, geoprocessamento, busca e salvamento e primeiros socorros. Com esse reforço, os parques estaduais passarão a contar com 204 guarda-parques.

Foto Divulgação INEA: Os novos profissionais foram selecionados para trabalhar em diversos parques estaduais, inclusive o dos Três Picos, que abrange o nosso município

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

População ganha reforço na prevenção contra desastres

Lei vai facilitar a liberação de alvará em Teresópolis

Cerca de 10 macacos encontrados mortos em Vieira

Morte de macacos no interior é investigada

Torcedores do Flamengo invadem Maracanã e provocam tumulto no entorno do estádio

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ