Visite nossas redes sociais:

edição digital

leia

No Rio, policial militar morre em ataque de criminosos à UPP da Mangueira

Data: 17/07/2017

 

Vitor Abdala – Repórter da Agência Brasil
Um policial militar morreu hoje (17), por volta das 8h, quando criminosos armados atacaram a base da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) no Morro do Telégrafo, que compõe o complexo da Mangueira, na zona norte da cidade do Rio de Janeiro. De acordo com a assessoria de imprensa da UPP, o cabo Bruno dos Santos Leonardo, de 29 anos, foi atingido na cabeça.

Ele chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Quinta D'Or, que fica próximo à Mangueira, mas não resistiu ao ferimento. Azevedo estava na Polícia Militar há seis anos, era casado e tinha uma filha e um enteado.

Outro policial, que não teve o nome divulgado, foi atingido na perna e passa por exames no Quinta D'Or. Depois do ataque, o policiamento foi reforçado na comunidade. Policiais do Comando de Operações Especiais, de batalhões da região e de outras UPPs fazem uma ação na Mangueira.






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Setembro Amarelo alerta para a prevenção ao suicídio

Temer viaja a Nova York para jantar com Trump e discursar na ONU

Anvisa proíbe amálgama de mercúrio não encapsulada utilizada na odontologia

INSS tem R$ 1 bi a receber de bancos por pagamento a segurados já falecidos

Professor que comparou cerveja escura a mulher negra se torna réu por racismo

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ