Visite nossas redes sociais:

edição digital

leia

No Rio, policial militar morre em ataque de criminosos à UPP da Mangueira

Data: 17/07/2017

 

Vitor Abdala – Repórter da Agência Brasil
Um policial militar morreu hoje (17), por volta das 8h, quando criminosos armados atacaram a base da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) no Morro do Telégrafo, que compõe o complexo da Mangueira, na zona norte da cidade do Rio de Janeiro. De acordo com a assessoria de imprensa da UPP, o cabo Bruno dos Santos Leonardo, de 29 anos, foi atingido na cabeça.

Ele chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Quinta D'Or, que fica próximo à Mangueira, mas não resistiu ao ferimento. Azevedo estava na Polícia Militar há seis anos, era casado e tinha uma filha e um enteado.

Outro policial, que não teve o nome divulgado, foi atingido na perna e passa por exames no Quinta D'Or. Depois do ataque, o policiamento foi reforçado na comunidade. Policiais do Comando de Operações Especiais, de batalhões da região e de outras UPPs fazem uma ação na Mangueira.






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

IBGE diz que População brasileira é formada basicamente de pardos e brancos

Aposentados e pensionistas começam a receber segunda parcela do 13º salário

Inflação pelo IPC-S avança em quatro das sete capitais pesquisadas pela FGV

Garotinho diz ter sido vítima de agressão em cadeia no Rio

Brasil registra queda de quase 1,14 milhão de linhas fixas de telefone

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ