Visite nossas redes sociais:

edição digital

leia

Ministério Público pede nova linha de ônibus ligando Vila Muqui e Alto

Data: 15/02/2018

O MPERJ obteve decisão judicial determinando que o Município de Teresópolis e a Viação Dedo de Deus coloquem em funcionamento, em 60 dias, a linha de ônibus Vila Muqui x Alto. - Foto ilustrativa - Ricardo Abreu / O Diário

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Teresópolis, obteve decisão judicial determinando que o Município de Teresópolis e a Viação Dedo de Deus coloquem em funcionamento, em 60 dias, a linha de ônibus Vila Muqui x Alto. Agora, o processo será encaminhado a uma das Câmaras Cíveis do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, para confirmação. Mantida a decisão, caso a determinação seja descumprida, tanto o Município como a empresa de ônibus ficam sujeitos ao pagamento de multa.

A atuação do MPRJ começou a partir do recebimento de abaixo assinado contando com 750 nomes, por meio do qual foi solicitada intervenção junto ao poder público para que fosse criada a linha de ônibus. O novo trajeto terá partida na Rua José Cipriano e chegada na Avenida Oliveira Botelho, conforme requerido na Ação Civil Pública proposta pelo MPRJ.

“A população necessita da existência de linha de ônibus que vá até o bairro Alto, sem que seja necessário realizar baldeação, já que esta torna a viagem por demais onerosa e longa. Os pontos abrangidos pela linha de ônibus almejada consistem em pontos de concentração de população urbana, devendo as rés atender às necessidades de tal população, até porque não comprovaram estas nenhuma dificuldade para atender ao pedido formulado na inicial” destaca trecho da sentença proferida pela 3ª Vara Cível de Teresópolis.
De acordo com a inicial, o serviço de transporte público coletivo não tem sido prestado de forma eficiente nos bairros Vila Muqui e Paineiras, já que os moradores dessas localidades somente conseguem chegar até o bairro Alto se tomarem duas conduções e pagarem duas passagens, o que os onera em tempo e recursos financeiros.

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Já são quase 100 mil veículos registrados em Teresópolis

Shows no final de semana na Feirinha do Alto

Vinte anos após desmoronamento, vítimas do Palace 2 ainda não foram indenizadas

Detran diz que vistoria anual reduz emissão de gases poluentes

Governo estuda ampliar vacinação de febre amarela para todo o país

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ