Visite nossas redes sociais:

edição digital

leia

Detran vai leiloar 132 veículos apreendidos em Teresópolis

Data: 13/10/2017

Dos 132 veículos apreendidos e levados para o depósito de Teresópolis, 24 são carros e 108 motocicletas - Foto Marcello Medeiros

Marcello Medeiros

O Detran vai leiloar, nesta segunda-feira (16),  350 veículos apreendidos que estão acautelados em seus depósitos, entre eles o localizado na Rua Avelino Machado Bastos, no bairro da Prata. Desse total, 132 estão apreendidos em Teresópolis, sendo 24 carros e 108 motocicletas. O certame terá início às 10h, tanto presencialmente, no auditório do Cadeg (Rua Capitão Felix, 110, Benfica), como pela internet, por meio do site www.brbid.com. Entre os veículos que estão acautelados em Teresópolis, destaque para um Renault Sandero 2008/2009 e um Fiat Siena 2010/2011, que tem lances iniciais bem abaixo dos seus preços de mercado.
Vale lembrar que o procedimento de liberação dos veículos arrematados está totalmente desburocratizado, sendo necessário ao arrematante apenas o agendamento do serviço de transferência de propriedade, o que pode ser feito pelo portal do Detran (www.detran.rj.gov.br) ou por meio do serviço de teleatendimento do departamento (3460-4040 e, no interior, 0800-0204040). Ao arrematar um veículo no leilão, o novo proprietário não herda as dívidas referentes ao proprietário anterior. Se o valor do arremate for suficiente para pagar o IPVA, as multas, o serviço de reboque e as diárias do depósito, o saldo restante será entregue ao antigo proprietário. Mas se, ao contrário, o valor do arremate não cobrir todas as despesas, o antigo dono terá o nome incluído na dívida ativa do estado.

Depósito fechado
Se conseguir regularizar um veículo para retira-lo de um depósito por conta de apreensão – e consequentemente evitar que seja leiloado - já não é uma missão fácil, para os teresopolitanos a situação está ainda mais complicada há cerca de dois meses. Desde que o depósito do Detran no bairro da Prata foi fechado, os carros e motos recolhidos em operações policiais no município estão sendo rebocados para o pátio do órgão em Nova Friburgo, a mais de 70 quilômetros de distância, representando mais gastos e dificuldades para cumprir os trâmites exigidos pelo Departamento Estadual de Trânsito. No mês passado, entramos em contato com a Assessoria de Comunicação do Detran, que informou que não há previsão para reabertura do pátio localizado na Rua Avelino Machado Bastos. A informação extraoficial é que o local deixou de funcionar por conta dos salários em atraso, situação comum em diversos setores do governo estadual, e consequente desmonte da equipe de atendimento local.

Cada vez mais difícil regularizar
Hoje, quem não estiver com os impostos relacionados aos veículos em dia, ou com alguma restrição que impeça a circulação dos mesmos, deve preparar o bolso caso seja parado por alguma das equipes de fiscalização do 30º BPM. No depósito friburguense, as taxas são as seguintes: Diárias: Moto - R$ 40,46 e Carro - R$ 88,39. Guincho: Moto - R$ 75,38; Carro - R$ 186,58. Ou seja, caso um veículo seja apreendido e fique no pátio do município vizinho por uma semana, por exemplo, a pessoa terá que desembolsar R$ 1.070,04. Somam-se aí os possíveis IPVAS e multas que devem ser quitados para a liberação, além do custo para se deslocar até Nova Friburgo. Tendo que viajar para outro município, o motorista também deve prestar atenção para não esquecer nenhum documento, que representaria muito mais dinheiro e tempo perdidos.

 

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

População ganha reforço na prevenção contra desastres

Lei vai facilitar a liberação de alvará em Teresópolis

Cerca de 10 macacos encontrados mortos em Vieira

Morte de macacos no interior é investigada

Torcedores do Flamengo invadem Maracanã e provocam tumulto no entorno do estádio

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ