Visite nossas redes sociais:

edição digital

leia

HISTÓRIA

Ponto de ônibus do Parque Filadelfia

Raros, e mal cuidados hoje em dia, quando a gente vê um abrigo de passageiros de ônibus como esse tem que compartilhar a imagem. Esperar ônibus já não é bom, sem um mínimo de conforto, então, torna-se coisa muito mais desagradável. E, para resolver isso não é preciso tanto dinheiro, só um pouquinho de boa vontade do prefeito e dos vereadores. Ah, se os nossos políticos andassem de ônibus...

MEMÓRIA

Colina dos Mirantes na Fazendinha

Parece a Europa, ou uma cidade turística interessante Brasil afora onde o prefeito cuida do bem público como se fosse propriedade sua. Mas, não é Canela, Gramado, Penedo ou Campos do Jordão não. É Teresópolis, Colina dos Mirantes, assim que foi inaugurado o atrativo turístico, em 1968. Hoje, a prefeitura nem capina o lugar, que virou local de risco e o turista tem medo de visitar.

MEMÓRIA

Já foi CTB, Telerj...

Onde havia esse prédio, na avenida Feliciano Sodré, hoje tem um terreno baldio, e como ter surgido novos "terrenos baldios" em Teresópolis! Mas, nos anos 1970, antes de ser posto telefônico da Telerj, como a maior parte das pessoas conheceram esse prédio, taí um raro registro da CTB, Companhia Telefônica Brasileira, no local desde 1943.

MEMÓRIA

Bairro de São Pedro nos anos 70

Anos 1970, e a rua Luiz Noguê Júnior, no bairro São Pedro, ainda era de chão, lama e poeira. No detalhe, o templo da igreja batista Monte Hermon, e o bairro dos Funcionários ao fundo.

MEMÓRIA

As elegantes construções de Teresópolis

A chegada do trem a Teresópolis, em 1908, trouxe grande desenvolvimento ao município. E a criação da prefeitura, em 1913, promoveu a urbanização da cidade, com o governo do Estado cuidando das ruas e praças, desenvolvendo o lugar, e tornando a urbe agradável aos olhos dos visitantes, cada dia em maior número por causa do fácil acesso e o glamour das viagens em barcos e trens até o alto da serra. Antes do trem, o acesso a Teresópolis era difícil, e feito em liteiras e lombos de cavalos.

TERESÓPOLIS

Izidro, o Padroeiro dos Agricultores

Data de comemoração pela emancipação político-administrativa de Teresópolis, ocorrida em 1891, o dia 6 de julho é feriado no município. Mas, ao contrário do que muitos podem imaginar, nem sempre foi feriado neste dia festivo, quando se comemora também o Santo Isidro, patrono dos trabalhadores e lavradores. O feriado só foi instituído em 1962, quando Teresópolis já tinha contabilizado 71 aniversários.

HISTÓRIA

Rua Duque de Caxias nos anos 50

O Comendador Theodor Heuberger em frente a sua Casa & Jardim, prédio onde funcionou a Pró-Arte nos anos 1950, e que fica na esquina da Travessa Portugal com rua Duque de Caxias. Bom registro esse, raro, do acervo Pró-Memória Teresópolis.



Páginas: 1 2





        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ